Competições

Pré-jogo

Com uma ataque totalmente da base (Lawrence, Wilson e Januzaj), despedida de Vidic jogando no Old Trafford pelo Manchester United, com Ryan Giggs se escalando e ficando no banco de reservas, o Manchester United entrou em campo sem almejar nada na Premier League.

O Jogo

Sem pretensões e com o ataque formado por jovens jogadores, o United partiu pra cima do Hull City, com boas oportunidades nas investidas de Valencia e Januzaj. Em uma delas, aos 3 minutos, o jovem belga cruzou para Fellaini que cabeçeou para Wilson finalizar, porém foi travado na hora do chute. Um minuto depois, Januzaj recebeu passe de Valencia, invadiu a área e foi derrubado por Figueroa, porém Craig Pawson só marcou escanteio.

O Hull City não conseguia atacar, passando poucas vezes do meio de campo, enquanto que o United trocava vários passes, porém sem grandes investidas, exceção para o chute de Tom Lawrence, que recebeu passe de Carrick, limpou a marcação e chutou forte, a bola ainda desviou no zagueiro Figueiroa e passou, com perigo, por cima do gol de Jakupovic, aos 16 minutos.

Na cobrança do escanteio, Phil Jones trombou com Maynor Figueroa e acabou se lesionando. Com a lesão do camisa 4, Nemanja Vidic entrou e foi bastante aplaudido pela torcida prensente no Old Trafford. Maynor Figueroa seguiu sendo o nome mais comentado do time do Hull City, principalmente, após o hondurenho intecpetar com a mão um passe de Januzaj, dentro da área, porém o penalti não foi marcado.

Os “The Tigers” continuava sem criar jogadas, enquanto que o United seguia insistindo nas jogadas, pelo lado direito, com Valencia e Januzaj. O jovem belga foi derrubado, aos 30 minutos, por Liam Rosenior na parte esquerda de defesa do Hull City, o camisa 44 lançou no meio da área, Fellaini cabeçeou para o meio da área e o estreante James Wilson chutou forte, entre as pernas do goleiro Jakupovic. O United pouco criou até o fim da partida, já o Hull City conseguiu segurar um pouco mais a bola na zona de defesa do United, porém sem criar chances de gol.

Segundo Tempo

A partida recomeçou identica ao primeiro tempo, com o United pressionando e o Hull City jogando no campo de defesa. O primeiro lance de perigo veio aos 50 minutos, quando Januzaj chutou forte de fora da entrada da área, contudo Jakupovic mandou para escanteio. Ambos times deram uma esfriada na partida, quando o United não conseguiu chegar com o perigo de antes, já o Hull City tentava pressionar, porém sem perigo.

O Manchester United reacordou aos 61 minutos, quando Januzaj avançou pelo lado direito, lançou para Fellaini, era a chance do belga marcar seu primeiro gol com a camisa do United, porém Jakupovic conseguiu espalmar, no rebote James Wilson mandou para o fundo da redes, ampliando o placar e fazendo seu segundo gol na partida. Dois minutos depois, George Boyd deu passe para Matty Fryatt, que canetou Carrick e chutou forte de fora da área no canto esquerdo do De Gea, diminuindo o placar no Old Trafford.

Aos poucos o Hull City ia ganhando espaço no campo e chegando com perigo ao gol do United. Já os “red devils” continuavam com as jogadas pelas laterais, porém com a entrada de Van Persie no lugar de James Wilson e Ryan Giggs no lugar de Tom Lawrence, o time passou a atacar pelo lado esquerdo.

O United voltou a atacar com perigo no chute de van Persie, aos 83 minutos, que recebeu passe de Januzaj, se livrou da marcação e chutou forte no meio do gol, mas Jakupovic conseguiu fazer boa defesa. Três minutos depois, Ryan Giggs tocou para o holandês, que chutou em cima da marcação, no rebote mandou no canto direito do Jakupovic, que nada pode fazer. Ryan Giggs ainda tentou marcar seu gol, em cobrança de falta na frente da área. O galês chutou forte, mas Jakupovic mandou para escanteio.

Pós-Jogo

Após o fim da partida, os jogadores se reuniram no gramado, onde Ryan Giggs agradeceu a Vidic pelo anos prestados aos Manchester United, falou sobre a péssima temporada e disse que o time voltaria a ser o vencedor em breve. Para alegria de todos os red devils, o nosso vovô não anunciou sua aposentadoria.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea, Valencia, Jones (Vidic 22), Smalling, Buttner, Carrick, Fellaini, Kagawa, Januzaj, Lawrence (Giggs 70) e Wilson (van Persie 64).

Hull City: Jakupovic, Rosenior (Sagbo 45′) , Figueroa, Bruce, Davies, Meyler, Koren, Boyd, Quinn, Elmohamady (Livermore 82′), Long (Fryatt 45′)

Gols

Manchester United: Wilson (31′ e 61′) e van Persie (86′)
Hull City: Fryatt (63′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Fellaini (38′)
Hull City: Meyler (46′)

Por Anderson dos Santos
www.mufcbr.com

Comentários