Competições

Pré-jogo

Em jogo válido pela 35ª rodada, o Manchester United recebeu o Norwich em Old Trafford. Com a mudança no comando, a esperança da torcida era que Old Trafford voltasse a ser o Teatro dos Sonhos.

Ryan Giggs, lenda viva. Jogador e técnico interino, estava à beira do gramado comandando a equipe Red Devil. Mas Giggs surpreendeu a todos com sua escalação. Não relacionou Fellaini e nem Januzaj e deixou Juan Mata no banco. O galês alegou que ele queria um time rápido e que fosse ao ataque desde o primeiro minuto.

Apesar das críticas que sofreu com a escalação, Giggs obteve um bom resultado na sua primeira partida como técnico.

O Jogo

Quando a nova comissão técnica entrou em campo, a torcida aplaudiu e ovacionou a todos, principalmente Ryan Giggs. O primeiro tempo não foi comprometedor. O United tinha bastante posse de bola, porém não conseguia transformar a posse em chances de gol. O Norwich não oferecia perigo, apenas ficava em seu campo de defesa.

A primeira chance de gol do Manchester United foi aos 14′ com Welbeck, Olsson cortou mal e o atacante arrematou para o gol e Ruddy fez a defesa. Aos 41′, Welbeck foi derrubado na área e o árbitro assinalou o pênalti, Rooney foi para a cobrança e mandou para o fundo da rede para abrir o placar.

Segundo Tempo

O United voltou para a segunda etapa mais ousada. Logo aos 48′ Kagawa passou a bola para Rooney que arriscou de fora da área e mesmo escorregando na hora do chute, colocou a bola no canto esquerdo do goleiro Ruddy, 2×0 em Old Trafford.

Após o segundo gol, o Norwich ficou rendido e não esboçou forças para reagir. Com isso, o United tomou totalmente conta da partida. Aos 60′ Welbeck saiu para a entrada de Juan Mata, e o espanhol começou com o pé direito e aos 63′ marcou o terceiro gol para o Manchester United.

O United continuou com a posse de bola e o quarto gol não demorou a sair. Após bola cruzada na área, Valencia tentou um voleio para o gol e Juan Mata desviou de cabeça para o fundo da rede.

O Norwich só chegou com perigo aos 79′, Elmander roubou a bola de Rooney e arriscou para o gol, mas a bola foi para fora.

Aos 89′ Olsson passou por Carrick e arriscou para o gol, a bola desviou no meio do caminho e parou no travessão de De Gea. Por pouco o placar não foi mais largo, a última chance da partida foi de Chicharito. Mata deu passe milimétrico e deixou o mexicano de sozinho e de cara com o gol. Ele arrematou para a boa defesa de Ruddy.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea; Jones, Vidic, Ferdinand, Evra; Valencia, Carrick, Cleverley(Chicharito 71′), Kagawa(Young 65′); Welbeck(Mata 60′), Rooney

Norwich City: Ruddy; Whittaker, Martin, Turner, Olsson; Johnson; Fer(Tettey 80′), Howson; Snodgrass; Redmond(Hooper 69′), van Wolfswinkel(Elmander 56′)

Gols

Manchester United: Rooney (41′ e 48′) e Mata (63′ e 71′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Evra (65′)
Norwich City: Howson (29′)

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários