Pré-Jogo

Com a volta da Premier League e alguns jogadores poupados da Champions League, Ferguson colocou a mesma base que enfrentou (e goleou) Arsenal e Bolton, o grande clássico dessa quinta rodada do Campeonato Inglês, neste domingo, no Old Trafford, o Manchester United teve um primeiro tempo impecável, derrotou o Chelsea por 3 a 1 e, com o tropeço do rival City com o Fulham, assume a liderança isolada do torneio.


O Jogo


Já no começo do jogo o Chelsea mostrou-se taticamente ofensivo vindo Mata e Torres bem centralizados, ao 3 minutos do primeiro tempo a primeira chegada é do Chelsea, Ashley Cole bate cruzado para a área e Ramires aparece no segundo pau para mandar de carrinho e obrigar De Gea a fazer grande defesa com o pé, com isso pareceu que o Chelsea iria ser o responsável pela primeira derrota dos Red Devils, mas só foi esse lance de perigo que o Chelsea mostrou no 1° tempo, por que aos 8 minutos da primeira etapa United abriu o placar, Ashley Young levanta para a área e Smalling aparece para mandar de cabeça para as redes, Smalling estava em posição de impedimento.

Aos 12 minutos os Blues esboçam uma reação saindo mais para o jogo, com mais posse de bola e mostrando paciência para trocar passes e um erro terrível de Anderson na saída de bola, entrega um presente a Fernando Torres que limpou a marcação e bateu cruzado, mas a bola passa rente à trave direita de De Gea.

Depois dessa falha de Anderson o United melhora no jogo, insistindo principalmente nas jogada pelo lado esquerdo com Young e Evra e aos 37 minutos Nani em uma jogada individual da direita para o meio vence a marcação e solta uma bomba no ângulo direito de Cech, um gol Fantástico, para ampliar o placar para os Red Devils! E aos 45 minutos, no final da primeira etapa, após grande confusão na área, a bola sobra limpa para Rooney, que conclui com categoria fazendo United 3 x 0 nos Blues.

Segundo Tempo de gol relâmpagos e gols perdidos

Logo no começo do segundo tempo aos 46 minutos o Chelsea diminui, após jogada de Anelka, que tinha acabado de entrar no lugar de Lampard, que deu ótimo passe para Torres dentro da área e o centroavante dá um leve toque na saída de De Gea para fazer o primeiro dos visitantes, Jones pediu desculpas aos companheiros, pois Torres subiu livre nas costa dele.


Aos 55 minutos Pênalti para o United. Nani sai a dribles da esquerda para o meio e bate no travessão, no rebote, o português é derrubado por Bosingwa, o português Nani estava endiabrado nessa tarde, na cobrança de pênalti em uma infelicidade de Rooney que escorrega na hora da cobrança e manda para fora, bem longe do gol.

Aos 37 minutos em uma boa jogada de Evra, ele rola para Rooney que chuta fraco a bola vai “chorando” para bater na trave esquerda, no rebote Chicharito manda na rede pelo lado de fora, Hernandez dá lugar para Berbatov, Chicha sai sentindo bastante com a entrada violenta de Ashley Cole no lance.

Aos 38 minutos aconteceu o lance mais engraçado, bisonho e indescritível, Torres perde um gol inacreditável, Ramires o deixa na cara do gol, Torres, dribla o goleiro e com o gol vazio, manda para fora. No final do 2° tempo o United começou a realizar boas chances nos contra-ataques, tanto que nos acréscimos Ashley Cole tira em cima da linha depois de contra-ataque rápido do United, finalizado por Berbatov.

Estatísticas


Por Gláucio Monteiro Ferreira

www.mufc.com.br

Comentários