Competições

» PRÉ-JOGO

Pela 27ª rodada da Barclays Premier League, o United recebe a equipe do Sunderland em Old Trafford. A equipe de van Gaal vem de uma frustrante derrota para o Swansea na última rodada e sabe que precisa vencer neste sábado para não deixar a vaga á próxima UCL escapar. Quanto às escalações, van Gaal não terá van Persie, lesionado, e Jones, doente. A briga pelas duas vagas aparentemente em jogo para a maior competição de clubes da próxima temporada é mais do que nunca uma realidade. Arsenal(48p), United(47p), Soton(46p), Liverpool(45p), Spurs(44p). Terá briga até a última rodada.

» O JOGO

Jogando em um 4-4-2 diferente do até então utilizado por van Gaal, o United começou com Blind e Herrera fazendo a primeira transição defesa-ataque, Di Maria e Young categoricamente abertos pelos lados( como costumavam jogar em seus melhores tempos), e Rooney e Falcao como os dois atacantes, sendo que o inglês voltava um pouco mais para ajudar na movimentação, dando opção de passe.

Contudo, a primeira chance do jogo fora dos Black Cats. Após erro na saída de bola, Wickham teve espaço para carregar e arriscar da entrada da área, rasteiro, no canto esquerdo de De Gea, que fez boa defesa. Na sequência, a primeira boa chance do United: depois de lançamento para a área, um possível pênalti em Falcao não marcado, Young pegou a sobra e bateu forte de direita, e a bola passou muito próxima do ângulo esquerdo de Pantilimon.

Aos 25 minutos, o gol quase saiu. Di Maria e Valencia fizeram bem o “2 contra 1” pela direita, e o equatoriano deu passe preciso para Young, na segunda trave, bater cruzado, porém O’Shea no meio do caminho conseguiu desviar, e a bola fora afastada. O mesmo Young teria nova boa chance mais tarde, em chute colocado de fora da área, a bola raspou a trave de Pantilimon.

Com a primeira etapa prestes a terminar, Di Maria puxou um contra ataque perigosíssimo, levantou a cabeça e tentou o passe para a infiltração de Falcao, o argentino, todavia, não viu Young livre de marcação, sozinho pela esquerda, e perdeu boa chance de gol. A primeira etapa se deu por encerrada com um 0 a 0 de muitos erros nas conclusões, tanto de passes como finalizações, por parte do United. Tentava-se muito, mas também errava-se muito.

» SEGUNDO TEMPO

Para a segunda etapa, van Gaal sacou Di Maria e colocou Januzaj no jogo. O argentino fez um primeiro tempo bem abaixo do que pode, e talvez fora esse o motivo do comandante holandês o sacar. A posse era inteira do United, contudo ainda via-se muitos erros de passe e as chances eram raras.Januzaj teve boa chance de marcar o primeiro do jogo, em sobra da entrada da área, e soltou a perna esquerda, mas a bola foi por cima do gol de Pantilimon.

Mais tarde, um alívio. Falcao Garcia recebeu dentro da área, girou com muita categoria e fora derrubado por O’Shea. Pênalti para a equipe de van Gaal, perfeitamente convertido pelo capitão Wayne Rooney. 1 a 0 United. E Brown, mesmo sem ter cometido o penal, fora expulso. Decisão que talvez nem o árbitro saiba explicar.

Após a expulsão, os espaços foram surgindo. Aos 79 minutos, Blind arriscou bom chute de fora da área, que exigiu segurança por parte do goleiro Pantilimon. E, com os espaços a surgir, mais facilidade para se chegar ao ataque. E ao gol.

Januzaj trouxe da direita e colocou de canhota, mas Pantilimon fez a defesa e, no rebote, Rooney só conferiu de cabeça para anotar o segundo dele na partida. Décimo no campeonato e 2 a 0 United. Depois do segundo gol, e com um a mais, mais administração do que tentativas de ampliar o resultado. E o jogo terminou assim. Mais um jogo pouco convincente do United, mas três pontos fundamentais para o campeonato, sobretudo visto que o Southampton perdera para o West Brom.

[divide icon=”square” color=”#000000″]

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea; Valencia, Smalling, Evans, Rojo; Blind, Herrera, Young, Di Maria (Januzaj 45′); Rooney (Mata 85′) e Falcão (Fellaini 68′)

Sunderland: Pantilimon; Reveillere, van Aanholt, Brown, O’Shea ; Cattermole, Larsson, Gomez, Johnson; Wickham (Verghini 69′) e Defoe (Graham 68′)

Gols

Manchester United: Rooney (66′ e 84′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Valencia (45′)
Sunderland: van Aanholt (79′)

Cartões Vermelhos

Sunderland: Brown( 65′)

Por Breno Zonta
www.mufcbr.com

Comentários