Competições

» O JOGO

Apesar de jogar fora, o United tomou a iniciativa e começou pressionando a equipe londrina, que tinha dificuldades de passar da linha central. O primeiro chute da partida saiu dos pés de Carrick, que chutou de fora da área, porém não levou perigo ao goleiro Courtois, aos 12 minutos.

O United contou com muita liberdade pelo lado esquerdo de ataque, principalmente com a boa movimentação e arrancadas do francês Martial. Aos 17 minutos, em nova jogada pelo lado esquerdo, Martial tabelou com Mata e chutou cruzado, obrigando Courtois a fazer grande defesa, contudo a bola ainda passou com perigo.

Após serem dominados e pressionados durante pouco mais de 20 minutos, os “blues” começaram a trocar passes e aproveitaram as roubadas de bola para chegarem a área red devil, mesmo que fosse nos contra-ataques, porém a primeira oportunidade, do Chelsea, veio pelo alto com a cabeçada de Matic, após cobrança de escanteio, aos 28 minutos.

O Chelsea seguindo tentando abrir o placar e Diego Costa teve boa oportunidade, aos 31 minutos, após receber passe em profundidade e chutar cruzado, contudo a bola saiu pela linha de fundo. Um minuto depois, Oscar tabelou com Azpilicueta, dentro da área, mas mandou por cima a última oportunidade, de perigo, do primeiro tempo.

» SEGUNDO TEMPO

A partida reiniciou mais equilibrada, porém com o United, novamente, tomando as iniciativas em atacar. A facilidade na criação de jogadas pelo lado esquerdo de ataque permitia que o United chegasse com facilidade e foi assim que Rooney, aos 48 minutos, recebeu passe de Blind, que havia recuperado a posse da bola, e chutou de fora da área, mas o belga Courtois defendeu sem grandes problemas.

No minuto seguinte, Martial entrou na área e passou por Ivanovic, porém pecou na hora da finalização. Apesar do equilíbrio, as melhores oportunidades eram do United, mas o goleiro Courtois evitava o pior para o Chelsea, como na dupla tentativa red devil, com Lingard que chutou colocado e Rooney que aproveitou o rebote no lance aos 52 minutos.

A insistência dos comandados de van Gaal resultou em gol, aos 60 minutos, após rápido contra-ataque e troca de passes entre Martial, Juan Mata e Borthwick-Jackson, que cruzou para Rooney ajeitar para Lingard dominar e girar chutando no canto superior esquerdo do gol, sem chances para defesa.

Com a desvantagem, o Chelsea passou a pressionar e a se lançar na partida, quase empatando o placar, no chute do Fàbregas, porém De Gea afastou o perigo, aos 71 minutos. Diego Costa, aos 88, cabeceou por cima do gol, a bola levantada por Willian, contudo o camisa 19 não desperdiçou o passe dado por Fàbregas, para cortar o Borthwick-Jackson e o De Gea e chutar para empatar no primeiro minuto do acréscimo.

Rooney tentou deixar o United na frente do placar, mas mandou por cima do gol a tentativa de encobrir o Courtois, aos 93 minutos, enquanto que Diego Costa parou na defesa do De Gea, após chute rasteiro.

» MELHORES MOMENTOS

Detalhes

Escalações

Chelsea: Courtois, Ivanovic, Zouma (Cahill 59′), Terry, Azpilicueta, Mikel, Matic (Pedro 67′), Willian, Fàbregas, Oscar (Hazard 54′) e Diego Costa.

Manchester United: De Gea, Darmian, Smalling, Blind, Borthwick-Jackson, Fellaini (Schneiderlin 78′), Carrick, Lingard (Memphis 86′), Mata (Herrera 94′), Martial e Rooney.

Gols

Chelsea: Diego Costa (91′)
Manchester United: Lingard (60′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Blind (63′), Lingard (79′) e Smalling (83′)

Comentários