Pré-Jogo

Em partida válida pela 10ª rodada da Premier League o Manchester United foi até Londres enfrentar o Fulham no estádio Craven Cottage.
Nos confrontos da temporada passada, o Manchester United levou a melhor nos dois confrontos, venceu o primeiro por 3×2 em Old Trafford e o segundo por 1×0 como visitante.

O Jogo

No ínicio da partida parecia que o Fulham ia dar trabalho para o Manchester United, principalmente pelo lado esquerdo do ataque, com Kasami que logo no segundo minuto de bola rolando fez jogada individual e finalizou para a defesa de De Gea.
Mas, aos poucos o United foi tomando as rédeas da partida e não demorou muito para chegar ao gol. Van Persie recebeu lançamento de Vidic, enfiou a bola para Rooney que rolou para Valencia, que chegava livre dentro da área, somente completar para dentro do gol e abrir o placar.

Após o gol, o Fulham sentiu um pouco e quando começava se ajeitar Scott Parker escorregou no meio-campo e deixou a bola de presente para Januzaj que logo lançou Van Persie que entrou na área e finalizou forte, sem chances para o seu compatriota Stekelenburg.
O cenário para o United não poderia ser melhor, dois minutos após o gol de Van Persie, o United ampliou o placar com Rooney após assitência de Van Persie. 3×0 com um pouco mais de 20’ de partida, festa total da torcida Red Devil.

Com uma grande vantagem no placar o United apenas administrava a partida. Berbatov ainda tentou diminuir na primeira etapa mas, parou em De Gea.

Segundo Tempo

Como no primeiro tempo o Fulham começou precionando, novamente com Kasami. Após erro de Kagawa, ele finalizou e a bola passou com perigo à esquerda de De Gea.Com as mudanças táticas feitas pro David Moyes, o United acabou ficando preso no campo de defesa e sendo pressionado pelo Fulham.

A pressão foi tanta que aos 64’ o Fulham conseguiu seu objetivo. Kacanilick, que havia entrado a pouco, puxou para o meio e bateu para o gol. Rooney se atirou para tentar o corte mas, acabou desviando a bola para dentro do gol, matando o goleiro De Gea.

O Fulham diminuiu o placar e a pressão aumentava cada vez mais. O United não conseguia sair de seu campo de defesa e se defendia como podia. As únicas descidas da equipe mancuniano foram com os belgas Fellaini e Januzaj, ambas sem perigo ao gol do goleiro Stekelenburg.

Com as entradas de Kacaniklic, Taarabt e Bent a escalação do time londrino ficou mais ousada. E a entrada de Bent nos minutos finais mostrou que a pressão do Fulham seria cada vez maior. E foi assim, logo na sua primeira participação, Bent recebeu cruzamento de Berbatov, cabeceou e a bola só parou no travessão de De Gea.

O fim da partida se aproximava e o Fulham ainda teve mais duas chances, uma com Taarabt e outra com Richardson. Mas, não houve alteração no placar. Fulham 1 x 3 Manchester United.
Com os 3 pontos garantidos o United permanece na 8ª posição do Campeonato. Na terça-feira vai até a Espanha enfrentar a Real Sociedad em jogo válido pela 4ª rodada da Champions League.

Detalhes da Partida

Escalações

Manchester United: De Gea; Rafael (Kagawa 45’), Vidic, Evans (Fellaini 45’), Evra; Valencia, Jones, Cleverley (Smalling 45’), Janzuaj; Rooney, van Persie.

Fulham: Stekelenburg, Riether, Amorebieta, Dejagah (Kačaniklić 60’), Senderos, Bryan Ruiz (Taarabt 74’), Richardson, Sidwell, Scott Parker (Bent 83’), Kasami, Berbatov.

Gols

Manchester United: Valencia (09‘), Van Persie (19’), Rooney (21’)
Fulham: Kacaniklic (65’)

Cartões Amarelo

Manchester United: Valencia (51’)
Fulham: Amorebieta (58‘)

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários