Competições

» O JOGO

Depois da vitória diante do Partizan que garantiu a classificação antecipada para próxima fase da Europa League, o Manchester United recebeu o Brighton pela 12º rodada da Premier League. A partida começou bem equilibrado, nenhuma das equipes tinha o controle da partida ou tomava iniciativa das jogadas ofensivas. Com os times esperando uma brecha para atacar, a primeira finalização com chance de gol só aconteceu aos 14 minutos, quando Rashford recebeu na esquerda e partiu em velocidade, entrou na área e chutou colocado, mas o Ryan defendeu sem problemas.

Após a primeira subida ao ataque, os red devils ficaram mais a vontade em campo e abriram o placar aos 16 minutos, Andreas Pereira recebeu no meio e avançou, a defesa do Brighton conseguiu tirar a bola do brasileiro, mas a entregando para Martial, o francês devolveu para Pereira chutar e contar com o desvio no Stephens e tirar qualquer chance de defesa do Ryan.

Com a vantagem no placar, não demorou para o United ampliar, aos 18 minutos Fred levantou a bola na área em cobrança de falta, Maguire e Dunk disputaram a bola, que sobrou na pequena área, McTominay conseguiu chegar primeiro que o goleiro Ryan, na tentativa de afastar Pröpper marcou contra. Com uma boa vantagem no placar, marcando bem e com o adversário sem conseguir  criar, o United passou a administrar a partida.

Nos minutos finais, o que se viu foi uma partida marcada por muitas faltas, só na primeira etapa foram cinco cartões amarelos distribuídos, sendo quatro para a equipe do Brighton, que não conseguia oferecer perigo ao De Gea. O último lance de perigo foi com Andreas Pereira, que limpou o marcar e chutou com perigo de fora da área, a finalização saiu com força, mas o goleiro Ryan conseguiu fazer a defesa  aos 47 minutos.

» SEGUNDO TEMPO

Procurando mudar a maneira como a equipe estava em campo, Graham Potter realizou duas substituições, contudo que não surtiram efeito, uma vez que a equipe não conseguia furar a defesa red devil. O United jogava para administrar o resultado e pouco atacava, porém aos 63 minutos, o Brighton conseguiu diminuir a desvantagem no placar, após cobrança de escanteio, Dunk subiu sozinho e mandou para o fundo das redes.

A reação dos visitantes não durou muito, pois os comandados dos Solskjaer marcaram o terceiro gol aos 65 minutos, após Andreas Pereira receber a bola do time adversário, Fred lançou em profundidade para Martial, o camisa 9 tirou do Ryan e deu passe para Rashford chutar colocado acertando o ângulo. O United poderia ter aumentado a vantagem aos 67 minutos, quando Daniel James avançou com muita velocidade pela direita e deu passe rasteiro para Rashford, que apesar de estar sem marcador e com o gol livre, chutou para fora desperdiçando a oportunidade de marcar o quarto gol.

Com o controle da partida, o United seguiu pressionando e só não ampliou ainda mais o placar, graças ao goleiro Ryan que fez boas defesas. A primeira aconteceu aos 71 minutos, após Martial fazer a jogada pelo lado esquerdo e cruzar rasteiro, a bola sobrou para o Williams chutar forte e parar na defesa do goleiro adversário, no mesmo minuto Rashford cruzou, Daniel James conseguiu desviar com a ponta do pé, mas o Ryan novamente fez grande defesa.

O Brighton encontrava dificuldades para sair do seu campo, muitas vezes perdendo a bola antes da centro do campo, assim não oferecia perigo ao De Gea, que ainda viu o Rashford desperdiçar uma nova oportunidade aos 89 minutos, após tabelar com Martial e chutar cruzado, a bola passou muito próximo a trave esquerda do Ryan e saiu pela linha de fundo, mas nada que atrapalhasse o clube a vencer a partida.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea, Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire, Williams (Rojo 90′); McTominay, Fred; Daniel James, Rashford (Greenwood 90′), Pereira (Lingard 69′) e Martial

Brighton: Ryan, Montoya (March 45′), Duffy, Dunk, Burn; Alzate, Stephens, Pröpper, Trossard (Gross 59′); Maupay e Connolly (Murray 45′)

Gols

Manchester United: Andreas Pereira (16′) , Pröpper (Gol contra 18′) e Rashford (65′)

Brighton: Dunk (63′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Rashford (44′) e Williams (57′)

Brighton: Stephens (4′), Dunk (17′), Montoya (29′), Burn (45+1′)  Pröpper (73′)

Comentários