Competições

» PRÉ-JOGO

O United foi para a partida com 5 jogos sem perder e com direito ao técnico van Gaal falar que o time ainda poderia conquistar o título do campeonato inglês. Com o capitão e camisa 10 da equipe estando em boa fase, o United tinha tudo para conquistar os três pontos.

» O JOGO

Como nas últimas partidas, o United iniciou mantendo a posse de bola, mas sem conseguir chegar a área adversária. Insistindo nas jogadas pelas laterais, foi assim que o United chegou com perigo, aos 12 minutos, após Rooney tocar para Blind, que arriscou o chute de fora da área, que parou na defesa do goleiro Forster.

O United continuou pressionando, com o domínio da bola e esbarrando na defesa adversária. Aos 19 minutos, Rooney recebeu passe do espanhol Herrera e chutou da entrada da área, porém a bola não assustou o goleiro dos “Saints”.

A primeira investida do Southampton aconteceu apenas aos 36 minutos, quando Clasie tocou para Mané, tabelar com Tadic e receber o passe pelo alto, porém o camisa 10 adversário furou na hora do chute e deixou a bola escapar para o goleiro De Gea.

» SEGUNDO TEMPO

Com a entrada de Juan Mata no lugar do Fellaini, o United ganhou um pouco mais de movimentação no setor de criação, que chegou a criar uma boa jogada na triangulação entre Rooney, Mata e Martial, permitindo que o francês invadisse a área, porém não conseguindo o domínio ideal da bola, que ficou com o goleiro Forster.

Como se já não bastasse o péssimo momento apresentado pelo time, van Gaal viu o lateral Darmian se chocar com o atacante Long e ser substituído após cuspir sangue, aos 60 minutos. Um minutos após o lance do italiano, Wanyama, sem marcação quase marcou após cobrança de escanteio para os Saints.

Aos 86 minutos, Januzaj que retornou de empréstimo junto ao Borussia Dortmund, entrou no lugar do jovem Borthwick-Jackson. Contudo, a primeira ação do camisa 11 foi cometer uma falta em cima de Charlie Austin, junto a linha de fundo. Ward-Prowse foi o responsável pela cobrança e encontrou o próprio Austin, que livre cabeceou para abrir o placar.

A comemoração dos jogadores do Southampton foi acompanhada das vaias dos torcedores do United para o elenco e, principalmente, para o técnico Louis van Gaal. A última oportunidade dos comandado do holandês surgiu aos 94 minutos, quando Januzaj aproveitou o corte da zaga adversária e arriscou o chute da entrada da área, porém a bola saiu pela linha de fundo.

Com o apito do árbitro, mais vaias e xingamentos para o holandÊs foram proferidas pelos torcedores red devils.

» MELHORES MOMENTOS

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea, Borthwick-Jackson (Januzaj 86′), Smalling, Blind, Darmian (McNair 60′), Schneiderlin, Fellaini (Mata 45′), Lingard, Herrera, Martial e Rooney.

Southampton: Forster, Cedric, Van Dijk, Fonte, Bertrand, Wanyama, Clasie (Ward-Prowse 66′), Tadic (Romeu 66′), Mane (Austin 79′), Targett e Long.

Gol

Southampton: Austin (87′)

Comentários