United é derrotado pelo West Ham e desperdiça chance de entrar no G4» O JOGO

Se despedindo do Boleyn Ground, o West Ham começou a partida querendo encerrar um capítulo de sua história com uma vitória em cima do maior campeão inglês. Pressionou bastante nos minutos iniciais, até que abriu o placar aos 9 minutos, Cresswell lançou para Lanzini que cruzou rasteiro para Sakho, o camisa 15 chutou de primeira, a bola ainda desviou em Blind, tirando qualquer chance de defesa do De Gea.

Melhores em campo, os hammers seguiram pressionando o United. Ogbonna assustou quando aproveitou que o chute do Noble foi asfasto pela defesa e arriscou um voleio, aos 13 minutos. Payet teve sua oportunidade, aos 17 minutos, porém teve o chute defendido pelo De Gea, após receber passe do Carroll, que perdeu uma grande oportunidade, aos 19 minutos, quando recebeu passe do Lanzini e avançou sem marcação, contudo finalizou em cima do goleiro red devil.O United passou a entrar na partida a partir dos 20 minutos, com jogadas pelas laterais.

A primeira finalização red devil foi com Rooney aos 22 minutos, após receber passe do Rojo e chutar de fora da área, porém a bola passou muito longe do gol. Apesar de equilibrar a partida, os diabos veremelhos quase sofreu o segundo gol. A finalização de Lanzini passou perto, aos 26 minutos, enquanto que Payet aproveitou o erro na saída de bola do United e avançou, mas as finalização foi muito ruim, aos 31 minutos. As equipes arriscaram jogadas áreas nos minutos finais, mas nenhuma com destaque.

» SEGUNDO TEMPO

Após o intervalo, o United recomeçou a partida partindo pra cima do West Ham, chegando ao empate aos 50 minutos, após De Gea cobrar o tiro de meta, Rashford ficou com a bola e deu passe para Juan Mata, o espanhol avançou e esperou a saída do goleiro Randolph para dar passe para Martial, o francês só teve o trabalho de mandar para o fundo das redes. O empate não mudou a forma do West Ham jogar, que teve uma boa oportunidade no chute de fora da área do Payet, que aproveitou uma bola afastada pela zaga do United, aos 54 minutos.

No minuto seguinte, Sakho perdeu uma grande oportunidade com a cobrança de falta do Payet e, livre, cabeceou para o chão. A grande arma da equipe mandante era o jogo áereo, uma vez que a equipe do United não conseguia vencer nenhuma disputa área. Aos 67 minutos, Carroll aproveitou a cobrança de escanteio e só não marcou de cabeça, graças ao Martial que afastou a bola em cima da linha. Apesar do melhor momento dos hammers na partida, quem marcou foi o United.

Tudo teve início com a roubada de bola do Herrera no meio, Rooney deu passe para Rashford, que tocou para Martial que estava livre pela esquerda, o camisa 9 ganhou na velocidade para o lateral Reid, invadiu a área e com um chute cruzado, venceu o goleiro Randolph para garantir a virada red devil aos 71 minutos. Quando a confirmação da entrada do time no G4 parecia certa, Payet ficou a bola que havia batido na barreira, lançou para dentro da área e viu Antonio subir para igualar o placar, aos 75 minutos.

O United não ganhou nenhuma disputa área pela bola e insistiu em fazer faltas próximas a área, em uma delas aos 80 minutos, Payet mandou para dentro da área e Reid, sem nenhuma marcação, cabeceou para virar o placar, De Gea ainda tocou na bola, mas não impediu o terceiro gol do West Ham, que se despediu do Boleyn Ground com vitória.

» MELHORES MOMENTOS

Detalhes

Escalações

West Ham: Randolph, Antonio, Reid, Ogbonna, Cresswell, Noble, Kouyate, Sakho (Tomkins 84′), Lanzini (Obiang 84′), Payet (Valencia 90′) e Carroll

Manchester United: De Gea, Valencia (Januzaj 87′), Smalling, Blind, Rojo, Herrera (Lingard 83′), Schneiderlin (Carrick 46′), Rooney, Mata, Rashford e Martial

Gols

West Ham: Sakho (10′), Antonio (75′) e Reid (81′)
Manchester United: Martial (51′ e 72′)

Cartões Amarelos

West Ham: Carroll (69′)
Manchester United: Martial (58′), Valencia (70′) e Herrera (75′)

Comentários