Novo redator

Hoje faço a minha estreia nesse espaço e durante o decorrer da temporada este será o ponto de encontro do torcedor brasileiro dos Red Devils para informar-se sobre a atuação do time.

Pré-Jogo

As expectativas para o jogo desta segunda-feira (26) em Old Trafford eram imensas, os anfitriões empolgados pela boa estreia frente ao Swansea enquanto os comandados de José Mourinho vinham de duas vitórias em seus domínios. Entretanto o que se viu foi um jogo bem fraco, muito em função da proposta de jogo imposta pelo Chelsea e pela falta de criatividade apresentada pelo United. O jogo morno resultou em empate por 0 a 0 resultado que não ocorria entre as equipes desde 2007, o empate deu aos Blues a liderança da EPL com 7 pontos (um jogo a mais) enquanto o United com 4 pontos terminam a segunda rodada na quarta colocação.

O jogo evidenciou que o United carece de um bom meia armador, hoje jogando contra um bom sistema defensivo o time encontrou enormes dificuldades para criar oportunidades de gol e que a lateral direita necessita também ser reforçada já que Rafael machucado fez muita falta e Evans como lateral se mostra sempre um bom zagueiro.

O Jogo

David Moyses surprendeu a todos escalando Wayne Rooney como titular após rumores de que o atacante seria negociado ainda nesta janela de transferências. A partida começou com os dois times se respeitando muito, o Chelsea escalado com quatro meias dava mostras de que jogaria recuado em seu campo e iria apostar nos contra ataques.

O time de Londres foi o primeiro a finalizar aos 9’ com Oscar em um cruzamento da direita que finalizou para defesa tranquila de De Gea . Os Blues ainda arriscaram em arremates de médio-longa distância com Oscar e Ivanovic que levaram pouco perigo a meta defendida por De Gea.

A primeira finalização do United foi feita por Robin van Persie aos 22’ o holandês recebeu dentro da área girou e finalizou de perna canhota na rede pelo lado de fora. Pouco depois em cruzamento de Patrice Evra van Persie cabeceou pra fora.

Os Red Devils eram melhores na partida e a formação do Chelsea facilitava a marcação, porém o time encontrava grandes dificuldades pra criar jogadas ofensivas. Aos 28’ Wayne Rooney chutou fraco para a defesa de Peter Cech, o jogo seguia morno com muita marcação e poucas chances de gol, a melhor talvez tenha caído nos pés de Cleverley aos 37’ que após sobra de cruzamento mandou pra fora.

Segundo Tempo

Na volta do segundo tempo os times voltaram sem alterações e o panorama do jogo também não mudara, o United tinha o domínio do jogo porém, não conseguia converter a posse de bola em gols. Aos 50’ Eden Hazar após passe do brasileiro Oscar chutou fraco. Aos 55’ a melhor oportunidade de gol do Manchester United na partida Wayne Rooney deu um belíssimo passe para Danny Welbeck que dominou tirando a marcação mais acabou finalizando mal e mandou a bola para fora.

O time londrino arriscou com um forte chute de longe de Gary Cahill defendido por De Gea. Pouco depois Schurrle assustou os torcedores vermelhos mandando uma bomba no travessão, porém, o meia alemão encontrava-se em posição irregular.

José Mourinho aos 59’ colocou Fernando Torres no lugar de Kevin de Bruyne, com a mexida o time londrino passou a tocar um pouco mais a bola no campo ofensivo o que abriu espaços para o United. Rooney chutou aos 64’ para defesa de Cech. David Moyses colocou Ashley Young no lugar de Antonio Valencia, mas o jogo continuou truncado e sem grandes emoções.

Aos 76’ Rooney acertou um forte chute da intermediária que Cech espalmou para escanteio. Deu tempo ainda de Ryan Giggs substituir Danny Welbeck e completar seu 50 jogo contra o Chelsea, porém o jogo terminou mesmo 0 a 0.

Detalhes

Escalações

United (4-2-3-1): De Gea; Jones, Vidic, Ferdinand e Evra; Carrick e Cleverley; Valencia (Young 66′), Rooney e Welbeck (Giggs 78′) e van Persie

Chelsea (4-2-3-1): Cech; Ivanovic, Cahill, Terry e Ashley Cole; Ramires e Lampard; Hazard (Azpilicueta 93′), Oscar, De Bruyne (Torres 60′) e Schurrle (Mikel 87′)

Cartões Amarelo

Chelsea: De Bruyne (32′) e Fernando Torres (80′)

Por Marcelo Henrique
www.mufcbr.com

Comentários