» O JOGO

A partida começou com pressão do United, aos 14 segundos, Fred recebeu bola do Valencia, se livrou da marcação e chutou com perigo. O ritmo da partida permaneceu acelerado, uma vez que as equipes articulavam, com velocidade, suas jogadas ofensivas. O grande problema eram as falhas defensivas, que por muito pouco não levou a abertura do placar, por parte do United, como aos 15 minutos, Rose recuou fraco para o Lloris, Lukaku pegou com a bola, driblou o goleiro e chutou cruzado, porém a bola fez uma curva e foi pra fora.

Marcando bem e se movimentando bem no meio de campo, os donos da casa tiveram uma nova oportunidade aos 18 minutos, quando Lingard lançou para Shaw, o camisa 23 avançou até a linha de fundo e deu passe para o Lukaku chutar, porém sem força. Aos poucos a partida voltou a se equilibrar, contudo o United era responsável por oferecer perigo ao adversário. Em nova jogada em profundidade, aos 29 minutos, Fred recebeu passe do Valencia, sambou pra cima da marcação e chutou colocado, mas a bola foi para fora.

A pressão red devil foi constante e perigosa, porém as finalizações impediram a abertura do placar, uma nova oportunidade foi desperdiçada aos 32 minutos, Fred deu passe para Pogba chutar da entrada da área, Lloris espalmou, na continuação da jogada Valencia cruzou, Matic chutou e a bola desviou na zaga, não entrando por pouco. O Tottenham pouco criou ofensivamente, a chance mais perigosa de gol aconteceu aos 41 minutos, quando Dele Alli foi lançado e tentou o chute, mas foi travado pelo Herrera.

» SEGUNDO TEMPO

O United voltou do intervalo pressionando, Pogba arriscou o chute da entrada da área, mas a bola foi para fora. Contudo quem abriu o placar foi o Tottenham, aos 49 minutos, após cobrança de escanteio Kane disputou a bola com o Jones, subiu mais alto e tirou qualquer chance de defesa do De Gea. No minuto seguinte, a zaga dos Spurs cortou errado e a bola sobrou com Lukaku, o belga chutou cruzado, mas parou na ótima defesa do Lloris.

Quando parecia que o United poderia chegar ao empate, o Tottenham ampliou a vantagem, aos 52 minuto, com Lucas, após Eriksen receber bola em profundidade, livre de marcação e avançou pela lateral para cruzar para o brasileiro chutar cruzado e marcar. Com a desvantagem, Mourinho sacou Herrera e Jones, para colocar Alexis, Fellaini e Lindelöf, o sueco quase entregou um gol aos 64 minutos, quando recuou errado para o De Gea, e Dele Alli roubou a bola, mas chutou em cima do De Gea.

Sem poder de reação e insistindo nos cruzamentos, assim como na partida contra o Brighton, o United só voltou a oferecer perigo aos 77 minutos, quando a zaga do Tottenham afastou um cruzamento do Lingard, Shaw ficou com a sobra e chutou, a bola atravessou a área sem ninguém conseguir o desvio. Quando o resultado parecia definido o Tottenham chegou ao terceiro gol, aos 84 minutos, com Lucas, que recebeu em profundidade, se livrou do Smalling e chutou cruzado para vencer o De Gea.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea; Herrera(Alexis 55′), Smalling, Jones(Lindelöf 58′); Valencia, Matic(Fellaini 61′) Pogba, Shaw; Fred, Lingard e Lukaku

Tottenham: Lloris; Trippier(Aurier 76′), Alderweireld, Vertonghen, Rose(Davies 82′); Dier, Dembele; Lucas, Eriksen, Dele e Kane(Winks 88′)

Gols

Tottenham: Kane (49′) e Lucas (52′ e 84′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Herrera (19′) e Valencia (58′)
Tottenham: Lucas (10′), Kane (24′) e Rose (77′)

Comentários