Com direito a gol de Fellaini, United faz 2×0 no Hull City e leva grande vantagem para o jogo de volta.

Rumo à final! (Foto: ManUtd)

Pela partida de ida da semifinal da Copa da Liga Inglesa, United enfrentou o Hull City na tarde desta terça-feira, em Old Trafford. Com 8 vitórias seguidas, os red devils eram favoritos frente ao lanterna da Premier League. E o favoritismo prevaleceu.

O Jogo

Mesmo com o desfalque do artilheiro da temporada, Zlatan Ibrahimovic, que doente não foi nem relacionado para a partida, o primeiro tempo foi como na maioria dos jogos em Old Trafford: Supremacia total do United. Muitas chances, desde o primeiro minuto, quando Juan Mata recebeu na entrada da área e forçou Jakupovic a fazer grande defesa. Logo em seguida, foi a vez de Wayne Rooney ter a oportunidade de abrir o marcador, mas parou na zaga. Se impondo em casa, o Man Utd continuou na pressão e Mkhitaryan perdeu a chance de colocar o United em vantagem, quando recebeu de Mata, sozinho dentro da grande área e chutou pra fora. Pogba e Rashford também tiveram chances, mas o placar ficou zerado durante todo primeiro tempo.

Em busca do resultado, o segundo tempo começou na mesma tônica: United não deixando o Hull respirar. Mais e mais chances desperdiçadas até que, aos 11 minutos da etapa final, Valencia cruzou na área, Mkhitaryan cabeceou e Juan Mata, debaixo da trave, conferiu e colocou o United em vantagem.

The Special Juan (Foto: ManUtd)

Após a abertura do placar, o Man Utd tirou um pouco o pé do acelerador e passou a cadenciar mais a partida. Porém, como a diferença de nível técnico das equipes é um abismo, mesmo sem apertar o United levava perigo, como na cobrança de falta magistral de Pogba, que carimbou a trave. Mas o melhor do jogo estava por vir: nos minutos finais, Mourinho sacou Juan Mata para entrada de Fellaini, o que sempre deixa a torcida bastante irritada, mas se o belga sempre entra pra atrapalhar, hoje foi diferente. Aos 42 minutos, Darmian cruzou na área e o improvável aconteceu: Gol de Fellaini! O gol que dobrou a vantagem dos Red Devils para o jogo de volta, no dia 26 de Janeiro, e praticamente colocou o United com um pé na final da EFL Cup.

Prêmio Puskas 2017 (Foto: ManUtd)

O Manchester United volta à campo no próximo domingo, dia 15, no clássico frente ao Liverpool, em Old Trafford, pela Premier League.

Comentários