Manchester United e Bolton terminou agora pouco e vimos o retorno da lenda Paul Scholes de volta ao Old Trafford como titular e mesmo com alguns problemas de rítmo de jogo, ele fez uma excelente partida distribuindo bons passes, roubando bolas na defesa e ainda fez o gol que abriu o placar: PAUL SCHOLES IS BACK!
O Jogo
O Bolton ensaiou uma pressão nos minutos iniciais mas não teve muito efeito, o United logo retomou a posse de bola e começou atacando mais pela esquerda onde estava Nani avançando com velocidade cortando e chutando com perigo.Valencia também começou bem avançando pela direita e cruzando a bola para Welbeck tentar completar, até que aos 16′ minutos de jogo o Bolton tentar sair para o ataque mas para na marcação de Carrick e Scholes no meio campo, o United marca bem. aos 20′ minutos Welbeck é lançado e ja dentro da área é derrubado por Knight que leva cartão amarelo, o juiz marca penalti, Rooney porém na cobrança bateu forte a meia altura no canto direito do goleiro húngaro Bogdam que conseguiu fazer a defesa sem dar rebote. Após isso o Manchester United continuou no ataque com Rooney e Welbeck aproveitando todas as chances que tem para chutar no gol mas aos 46′ minutos após bela jogada individual Nani tabela com Rooney que acabou ficando com a bola, tocou para Welbeck que furou numa tentativa de gol de letra e a bola sobra para quem??? PAUL SCHOLES o oportunista acertou um chute de primeira no canto esquerdo surpreendendo o goleiro e a todos nós que assistimos o jogo, alguns segundos depois o juiz apita o fim do 1º tempo.
2º Tempo
Os dois times voltam sem alterações e o Bolton parece ter voltado melhor se arriscando mais no ataque sem nada a perder e logo aos 5′ minutos Mark Davies avança, invade a área e cruza para Ngog que faz questão de honrar a reputação que tem e isola a bola, uma grande chance perdida pelo Bolton…. O United aposta na velocidade para pressionar o bolton e vai conseguindo até agora, aos 16′ Valencia cruza a bola na área e é a vez de Rooney perder um gol mas foi mais por que ele não alcançou a bola o suficiente para chutar como ele queria. É a vez do sempre criticado Evans mostrar serviço em boa jogada de Reo-Cocker pela esquerda o jovem zagueiro tira a bola dos pés do volante com um carrinho limpo por trás, e se isso não tivesse acontecido o volante sairia na cara do gol. 29′ minutos, uma jogada estranha do United, Welbeck recebe de Rooney que cai de mal jeito assustando os torcedores e Welbeck logo após marcar o segundo gol do United se contorce de dor por que levou uma entrada dura do zagueiro milésimos de segundos após o chute, não passou de sustos, Rooney segue no jogo 2×0 United, Paul Scholes é substituído por Ryan Giggs, Nani da lugar a Park e Chicharito entra no lugar de Welbeck para não forçar de mais o garoto. Aos 38′ minutos Carrick recebe de fora da área e chuta com força sem chances para o goleiro Bodgan, o United amplia a vantagem. Com boa vantagem o United toca a bola para administrar o jogo e o Bolton sem nenhuma vontade de tentar um gol de honra com isso o juiz encerra a partida mas o destaque é a volta de Paul Scholes com um gol em Old Trafford.
Com a vitória o Manchester United com 48 pontos se iguala ao momentâneo líder Manchester Shitty e espera que o mesmo perca para o Wigan na próxima segunda feira fora de casa o que não é muito provável mas não custa nada secar. Ja o Tottenham que tinha 45 tropeçou em casa, empatou com os Wolves e vai a 46. O próximo compromisso dos Red Devils é contra o Arsenal no Emirates Stadium porém esse não é o patético Arsenal que goleamos por 8×2 no começo do campeonato, é um Arsenal “melhorado” mas que ainda assim não deve apresentar uma ameaça ao time que o humilhou mesmo jogando em casa.
Por David Kruz Martins
www.mufc.com.br

Comentários