O Manchester United entrou com uma equipe totalmente diferente, do time que vem sendo escalado no campeonato inglês, foram 7 mudanças em relação a última partida. No começo o united não mostrava jogar com a mesma facilidade com que vem jogando na premier league, com uma equipe mais jovem em relação a equipe que foi escalada para a Champions, o United procurava tocar a bola e o Benfica ficava esperando os red devils saírem para o ataque e o jogo não fluiu como esperado, porém estava claro que Sir Alex Ferguson poupou a equipe para o clássico contra o Chelsea no próximo domingo.

A primeira jogada clara de gol veio aos 16 minutos com um chute perigoso do Benfica, com Gaitán, a bola passou a esquerda do gol do United. Depois do chute o time do Benfica tomou “gosto’ e ficou pressionando até que ao 23 minutos, após um belo lançamento de Nicolas Gaitán, Óscar Cardozo teve o simples trabalho ter que dividir com o evans e mandar a bola no canto direito de Lindegaard, fazendo Benfica 1-0 United. O United tentava os trocas de passes para tentar abrir a zaga do Benfica, mas o setor ofensivo não conseguia trabalhar bem e tentava a todo custo chegar ao gol do Benfica com lançamentos ou cruzamentos do Valencia. O time português sempre atacava com perigo ao gol do United, que continuava a não conseguir chegar com perigo e frequencia ao campo defensivo do benfica.


Até que Ryan Joseph Giggs, em belíssima jogada individual, decidiu partir com a bola pelo o meio até que ficou de cara com o gol do Benfica, ele chutou de esquerda, mandando a bola no canto superior esquerdo do goleiro Artur, que não pode fazer nada. E após o gol o united por pouco, não chegou ao empate, em um contra-ataque após um escanteio, Rooney partiu pela direita e inverteu a bola para o Giggs, que dominou e mandou pra dentro da área, mas o zagueiro Luizão cortou de cabeça a bola que certamente iria para o Sul-coreano Park Ji-Sung.

Segundo tempo chato e o placar não mudou


Começo do segundo e o united mudou de postura, começou a pressionar e atacar mais o time português. Chegando com perigo em jogada com o Valencia, pela a ponta direita, que chutou cruzado. Aos 9 minutos o Benfica chegou com perigo, Maxi Pereira em chute cruzado acertou a trave do United, mas o assistente já tinha marcado impedimento e um minuto depois, o argentino, Aimar chutou de frente da área e a bola passou com perigo no canto direito, do Lindergaard.

Os reds só conseguiram chegar com perigo aos 18 minutos, novamente com Ryan Giggs, ele passou por dois zagueiros e chutou o goleiro devolveu a bola nos pés do galês que mandou a bola pra fora. Quando deu a entender que os red devils iriam chegar com mais frequencia o Benfica quase que ampliava o placar, por dois momentos. Primeiro com Nolito que chutou forte de fora da área, Lindergaard mandou a bola para escanteio, depois foi a vez de Emerson, que invadiu a área e chutou cruzado, assustando Sir Alex ferguson, que colocou Chicharito e Nani nos lugares de Fletcher e Valencia, respectivamente, mas o United pouco criava. As equipes pouco mudaram a forma de jogar e o resultado persistiu até o final. O United empatou sua primeira partida da Champions League 2011/2012


Estatísticas



Por Anderson dos Santos
www.mufc.com.br

Comentários