Pré-Jogo

Na rodada do Boxing Day, a 18ª rodada, o Manchester United foi até o Estádio KC enfrentar o Hull City. O United cochilou no início e com 12 minutos já estava 2×0 para os dono da casa. Mas, o United foi valente e conseguiu empatar no primeiro tempo e na etapa complementar conseguiu a virada.

O Jogo

O Hull City começou a partida a mil e logo no terceiro minuto abriu o placar. Elmohamady avançou pela direita e cruzou totalmente torto para a linha de fundo, porém o árbitro marcou o escanteio. Após cobrança do escanteio, Bruce cabeceou para o meio da área e Chester, ex-united, apareceu livre para completar para o gol.

O United não conseguiu se encontrar após o gol e o Hull City cada vez mais perto e então aumentou o placar. Em uma série de troca de passes e também de “pixotadas” a bola chegou a Meyler. Na primeira tentativa ele chutou torto e Evans cortou mal, a bola voltou para Meyler que finalizou, De Gea caiu para fazer a defesa, mas antes que a bola chegasse ao goleiro espanhol, Evans a desvia e mata a reação do goleiro. 2×0 pro Hull City.

Tudo parecia difícil para o United, os jogadores até aparentavam nervosismo. Aos 17′ Rafael sentiu uma lesão e deu lugar a Januzaj e a sorte do United começou a mudar. Em sua primeira jogada, o belga arrancou pela direita e sofreu falta. Rooney foi para a cobrança, Smalling subiu mais que todo mundo e finalizou de cabeça para diminuir o placar.

A partir do gol, o time do United tomou as rédeas da partida, por mais que o Hull City tentasse, não conseguia sair do seu campo de defesa e agora era o segundo gol do United que amadurecia. Após três chances, uma com Welbeck, Rooney e Cleverley, o United chegou ao gol de empate. Rooney tabelou estranho com Welbeck e Rooney de fora da área finalizou forte para empatar a partida, sem nenhuma chance para McGregor.

Depois disso as duas equipes apenas administraram a partida até o fim da primeira etapa.

Segundo Tempo

Na volta para o segundo tempo, o Hull City voltou como no primeiro, tentando tomar as rédeas da partida. E a primeira chance do segundo tempo foi de dos donos da casa com Sagbo. O marfinense recebeu o passe de Graham e arrematou para a defesa de De Gea.

A partida voltou a ficar monótona e David Moyes sacou Fletcher que volta de lesão e colocou Chicharito em campo, com essa mudança, Rooney passou a jogar como volante para dar uma boa saída de bola ao time. E foi dessa forma que o gol da virada aconteceu.

Rooney recebeu a bola da defesa e abriu com Ashley Young no lado direito, ele foi até a linha de fundo e cruzou fechado, Rooney aparecia para complementar e mandar pro fundo do gol, mas não foi necessário. Chester deu um belíssimo presente de natal para seu ex-clube e mandou para dentro do próprio patrimônio para alegria total da torcida mancuniana.

A partida voltou a ficar quente, porém sem grandes chances para nenhuma das duas equipes já no fim da partida o Hull City foi para o ataque com todas as forças. Primeiro aos 87′ com Graham que livre dentro da pequena área finalizou fraco para a defesa de De Gea. E para complicar mais para o United, Valencia levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. E com um a mais o Hull City tomou conta dos últimos minutos da partida.

Após lançamento para a área, De Gea saiu mal do gol, deu um susto na torcida mas conseguiu se recuperar. Logo depois, Chester entrou na área e ficou cara-a-cara com De Gea que fechou o ângulo e não deu chances para o empate. E a última chance da partida foi do Hull City, a bola sobrou nos pés de Bruce, mas o zagueiro finalizou à direita de De Gea.

E assim terminou a partida: Hull City 2 x 3 Manchester United.

O próximo compromisso dos Red Devils é neste sábado contra o Norwich em jogo válido pela 19ª rodada da Premier League.

Detalhes da Partida

Escalação

Hull City: McGregor(Harper 45′) ; Bruce, Chester, Davies, Elmohamady; Figueroa(Boyd 72′), Meyler(Koren 45′), Huddlestone, Livermore; Graham e Sagbo.

Manchester United: De Gea; Rafael(Januzaj 17′), Evans, Smalling, Evra; Fletcher(Chicharito 61′), Cleverley, Valencia, Rooney, Young(Carrick 78′); Welbeck.

Gols

Hull City: Chester (03′), (Meyler 12′)

Manchester United: Smalling (19′), Rooney (26′), Chester (Gol contra 66′)

Cartões amarelo

Hull City: Figueroa (18′), Bruce (71′).

Manchester United: Januzaj (33′), Valencia (60′ e 90′), Rooney (72′).

Cartões Vermelho

Manchester United: Valencia (90′)

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários