» O JOGO

Após vencer e se classificar na Champions League, o United iniciou a partida pressionando, buscando encontrar as vitórias na Premier League e por pouco, não marcou aos 2 minutos, quando McCarthy furou na hora de chutar, Rashford recuperou a bola e tocou para trás, Herrera teve o chute bloqueado e a bola sobrou com Lukaku, que acabou finalizando em cima do goleiro adversário.

Apesar da pressão inicial, o United estava perdido em campo, sem conseguir sair do seu campo de defesa e dando liberdade para o adversário, que aproveitou desse modo de jogo do United para abrir o placar aos 12 minutos, após várias trocas de passes na frente da zaga red devil, Armstrong recebeu e chutou cruzado, tirando qualquer chance de defesa do De Gea.

Melhor em campo, o Southampton chegou ao segundo gol em cobrança de falta, aos 19 minutos, Cédric cobrou falta da entrada da área e mandou a bola no ângulo, sem chances para o De Gea. Uma reação red devil era inimaginável diante do futebol apresentado e da postura do time adversário, o que se esperava era um placar ainda mais elástico para os Saints, contudo o empate red devil saiu em 5 minutos.

O primeiro gol foi marcado aos 33 minutos, Pogba lançou para Rashford que avançou pelo lado direito de ataque e deu passe para o Lukaku, o belga chutou de primeira para voltar a marcar após 12 partidas. O segundo gol aconteceu aos 38 minutos, Rashford recebeu passe do Young, avançou e cruzou, Herrera de letra mandou para o fundo das redes. Após o empate, o United ainda pressionou, mas a primeira etapa terminou empatada.

» SEGUNDO TEMPO

A partida reiniciou mais equilibrada, com mais trocas de passes e com a quantidade de idas ao ataque por igual, mas com uma partida também mais disputadas, com faltas mais duras e mais cartões distribuídos. O que ficou faltando foram jogadas ofensivas perigosas ou que criassem oportunidades de gols. As chances criadas foram em jogadas de bola parada e erros do adversário.

O Southampton levaram perigo com Redmond em cobrança de falta e Gabbiadini em chute cruzado, mas que foram defendidas com certa tranquilidade pelo De Gea, aos 58 e 68 minutos, respectivamente. Enquanto que o United teve seu lance mais perigoso com Pogba, que finalizou de bicicleta, mas sem perigo para o goleiro McCarthy, logo após o lance do Gabbiadini aos 68 minutos.

Aos poucos, a partida que teve um primeiro tempo e parte do segundo tempo, bem movimentados, passou a ter um ritmo menor e o último grande chute com o Southampton, aos 80 minutos, após Pogba errar o domínio, os Saints ficaram com a bola e Redmond chutou de fora da área, mas o De Gea conseguiu colocar para escanteio, aos 80 minutos. O rumo da partida não mudou e o United chegou ao terceiro jogo sem vitória na Premier League.

Detalhes

Escalações

Southampton: McCarthy, Stephens, Yoshida, Vestergaard; Højbjerg, Lemina (Davis 92′), Soares, Valery; Armstrong, Redmond e Obafemi (Gabbiadini 64′)

Manchester United: De Gea, Young, McTominay, Jones, Matic, Shaw (Dalot 72′); Herrera, Fellaini, Pogba, Rashford (Martial 77′) e Lukaku (Lingard 86′)

Gols

Southampton: Armstrong (12′) e Cédric (19′)
Manchester United: Lukaku (33′) e Herrera (38′)

Cartões Amarelos

Southampton: Højbjerg (34′), Lemina (53′), Vestergaard (58′) e Armstrong (94′)

Manchester United: Rashford (17′), Fellaini (33′), Pogba (52′) e Young (92′)

Comentários