Competições

» O JOGO

Após sofrer o empate no final da última partida e assim deixar escapar a oportunidade de assusmir a terceira colocação da Premier League, o Manchester United foi até o Selhurst Park enfrentar o Crystal Palace, pela 36º rodada da Premier League. Os donos da casa, apesar de não brigar por nada no campeonato, iniciou a partida pressionando o United, finalizando com perigo no primeiro minuto da partida, Zaha arriscou o chute pelo lado esquerdo, mas o De Gea afastou o perigo. O Crystal Palace tomou conta dos primeiros minutos, sempre no campo de ataque e pressionando a saída de bola advesária, que conseguiu a primeira finalização, apenas aos 11 minutos, com Maguire aproveitando a cobrança de escanteio, porém cabeceando por cima do gol.

O United aos poucos conseguia ter um pouco mais da posse de bola, contudo tinha dificuldades para encontrar espaços na defesa adversária. A equipe mandante já não conseguia atuar como no começo da partida, quando manteve o United preso em seu campo defensivo. Os comandados do Solskjaer possuiam mais posse de bola, contudo não conseguiam oferecer perigo, o jogo das equipes deixou a partida morna e com a bola longe das áreas. Em um raro momento de jogada ofensiva aos 29 minutos, Martial cruzou rasteiro pela esquerda, Greenwood tentou o chute, porém pegou errado na bola e a finalização passou longe de assustar.

No minutos finais a partida finalmente deu um animada. O United quase marcou aos 38 minutos, quando Maguire mais uma vez aproveitou uma cobrança de escanteio, porém cabeceou a esquerda do gol defendido pelo Guaita. No minuto seguinte o Palace respondeu, Ayew chutou da entrada da área, mas o De Gea mandou pra longe. O red devils abriram o placar aos 45 minutos, Bruno Fernandes tabelou com Martial e passou para o Rashford, o camisa 10 entrou na área em diagonal, se livrou de dois marcadores e com o goleiro no chão, chutou no canto aberto para deixar o United em vantagem. O De Gea evitou o gol adversário aos 48 minutos, após cobrança de falta do Milivojevic, o goleiro espanhol defendeu com uma mão evitando o gol de empate

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa iniciou equilibrada, as equipes não se arriscavam e o jogo ficava preso com toques de bola pelo centro. Quando conseguiu jogar diferente, o Crystal Palace conseguiu marcar aos 54 minutos, após Zaha receber na esquerda e chutar cruzado, a bola cruzou a área e chegou até o Ayew, que se jogou para marcar, porém o VAR analisou o lance e identificou o impedimento do camisa 9 do Palace. Com velocidade pelo lado esquerdo, o United conseguiu responder aos 61 minutos, Rashford chutou cruzado, mas fraco para defesa do Guaita. O Palace mantinha a bola próximo a área red devil, criava bons lances, mesmo que não conseguisse finalizar.

O placar mínimo e a atuação adversária, deixava o United com necessidade de buscar ampliar, o que quase aconteceu aos 73 minutos, com Bruno Fernandes aproveitando o cruzamento do Rashford, mas o chute do português parou na trave direita Guaita. O Palace dava indícios que poderia empatar, mas tudo mudou aos 77 minutos, quando o United chegou ao segundo gol. Rashford iniciou a jogada no meio de campo, quando se livrou de três jogadores, passou para o Bruno Fernandes avançar pela esquerda e devolver para o camisa 10, que passou para o Martial, o francês chutou colocado para ampliar a vantagem no placar.

No lance do gol, o van Aanholt foi atingido pelo Martial e ao cair no chão pareceu ter lesionado o braço. O jogador recebeu atendimento por mais de 5 minutos e precisou ser substituído. Com a vantagem no placar, o United ganhou mais espaço em campo e passou a finalizar mais vezes. Bruno Fernandes recebeu na esquerda e chutou no canto direito do Guaita, sem perigo, aos 86 minutos. O Crystal Palace ainda ofereceu perigo aos 89 minutos, quando Zaha recebeu e conseguiu girar para se livrar da marcação do Lindelöf, entrou na área e chutou rasteiro, mas o De Gea defendeu com o pé esquerdo. Os red devils tiveram uma boa oportunidade aos 92 minutos, Martial tocou para o Rashford na esquerda, o camisa 10 chutou colocado, mas o o Guaita mandou para escanteio. A partida que encerrou aos 101 minutos, devido ao atendimento ao van Aanholt terminou com vitória red devil, que continua na briga por uma vaga na próxima Champions League.

Detalhes

Escalações

Crystal Palace: Guaita, Ward, Dann, Sakho, van Aanholt; Milivojevic, McCarthy, McArthur; Towsend, Zaha e Ayew

Manchester United: De Gea, Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire, Fosu-Mensah; McTominay (Matic 62′), Pogba; Greenwood, Rashford (Lingard 62′), Bruno Fernandes e Martial

Gols

Manchester United: Rashford (45′) e Martial (77′)

Cartões Amarelos

Crystal Palace: Milivojevic(90+2′)

Manchester United: Wan-Bissaka (35′) e Maguire (64′)

Comentários