Competições

» O JOGO

O início da partida foi de muito equilíbrio, o United com dificuldade em sair com a bola, graças a forte marcação do Watford, que conseguia trocar mais passes no ataque, porém não conseguia abrir espaços na zaga red devil. A falta de espaços obrigava as equipes a trocarem passes, fazendo com que as defesas se posicionassem bem e impedissem as finalizações.

A primeira finalização só aconteceu aos 19 minutos, Pereyra recebeu passe dentro da área e finalizou sem força para a defesa do De Gea. Em melhor momento, o Watford seguiu pressionando e voltou a finalizar, Deulofeu recebeu na ponta esquerda, avançou e chutou de fora da área, o chute saiu com pouca força e foi defendido pelo De Gea, aos 24 minutos.

Quando conseguiu finalizar, o United abriu o placar aos 27 minutos, Shaw recuperou a bola na entrada da área, avançou e lançou para Rashford, que recebeu entre os dois zagueiros e de cavadinha tirou do goleiro Foster. O gol sofrido obrigou o Watford a sair para o jogo e passou a deixar mais espalo em sua defesa, o que permitiu aos red devils a pressionarem ainda mais.

O comandados do Solskjaer quase marcaram o segundo gol aos 31 minutos, após cobrança de escanteio, Mata fez boa jogada pela esquerda e cruzou, a zaga cortou e a bola sobrou para Martial, o francês chutou com força, mas em cima do goleiro Foster. Nos minutos finais o United seguiu pressionando, mas errava muito no momento do último passe, enquanto que o Watford procurava se acertar para poder a voltar a apresentar o futebol dos minutos inciais.

» SEGUNDO TEMPO

A partida reiniciou e o Watford voltava a apresentar o futebol do início da partida, além de pressionar, os hornets estão finalizando mais e com perigo. O empate poderia ter acontecido aos 52 minutos, Pereyra recebeu dentro da área e chutou com perigo, que parou na grande defesa do De Gea. Os visitantes abusavam das jogadas áreas, mas que não ofereciam perigo. O Watford seguia abusando de desperdiçar as oportunidades, seja por finalizar para fora ou por acertar o chute, porém fazer isso com pouca força.

Outro bom momento dos visitantes aconteceu aos 57 minutos, Hughes invadiu a área e chutou colocado, a bola passou com perigo ao lado esquerdo do De Gea. Assim como no primeiro tempo, quando o adversário estava melhor em campo, inclusive finalizando mais, foi o United quem marcou. Martial começou a jogada pelo lado esquerdo, deu passe para Andreas Pereira, que deixou para Lingard aberto na ponta, o camisa 14 devolveu para o francês, que no primeiro momento se enroscou com o goleiro Foster, contudo conseguiu finalizar e mandar a bola para o fundo das redes, aos 72 minutos.

O gol de vantagem permitiu com que o United avançasse suas linhas e tivesse mais posse de bola no campo adversário. As jogadas ofensivas cresceram, mas as finalizações ainda eram o grande problema. O Watford voltou a pressionar nos minutos finais, inclusive marcando um gol aos 89 minutos, Pereyra tentou o cruzamento, a bola desviou na zaga e sobrou para Doucouré, que tabelou com o Success e saiu de frente para o De Gea, o camisa 16 tirou do De Gea e diminuiu a vantagem, contudo não evitando a derrota.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea, Young, Smalling, Jones, Shaw; Matic, Pogba, Herrera (Andreas Pereira 63′); Mata (Lingard 63′), Martial (Rojo 77′) e Rashford

Watford: Foster, Janmaat (Kiko 55′), Kabasele, Britos, Masina, Capoue, Doucouré, Pereyra, Hughes (Success 81′), Deulofeu (Gray 73′) e Deeney

Gols

Manchester United: Rashford (27′) e Martial (72′)
Watford: Doucouré (90′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Andreas (92′)
Watford: Hughes (17′) e Masina (82′)

Comentários