1375185_10151818092418113_2131882332_n

 

Pré-jogo 

Após as duas primeiras rodadas da Champions League o Manchester United lidera o Grupo A com 4 pontos ao lado dos ucranianos do Shakhtar Donetsk. Uma vitória diante da Real Sociedad em Old Trafford deixa os Red Devils em ótima situação no grupo e praticamente encaminha a classificação. Em contra partida se os espanhóis que ainda não venceram nesta fase de grupos perderem praticamente dão adeus à classificação.

O jogo

O primeiro gol da partida saiu 2’ após o árbitro holandês Bas Nijhuis iniciar a partida, Patrice Evra recuperou a bola no campo de ataque e passou para Wayne Rooney que em grande jogada individual driblou três marcadores e chutou de forma violenta, a bola bateu caprichosamente na trave e no rebote Iñigo Martínez se atrapalhou todo e acabou mandando a bola para as redes do próprio gol.

O time basco sentiu o gol relâmpago e não conseguia jogar no campo de ataque, com isso o Manchester United continuou a atacar e criou boas chances de gol. Aos 13’ Rafael cruzou da direita e Rooney chegou batendo de primeira, Claudio Bravo fez grande defesa impedindo o que seria o segundo gol dos anfitriões. Aos 18’ após cruzamento de Valencia, Rooney finalizou de voleio, mas mandou a bola pra longe do gol. O primeiro lance de perigo dos visitantes só veio aos 28 minutos quando Haris Seferovi puxou contra ataque e chutou de perna direita, David de Gea fez boa defesa  e  mandou a bola para escanteio. O time basco quase empatou a partida nos minutos finais, aos 42’ Kriesman bateu falta de forma magistral e para sorte do United a bola explodiu na trave, de Gea não chegaria a tempo de praticar a defesa.

Segundo tempo 

Como vem se tornando comum nos jogos desta temporada, o Manchester United voltou muito mal para etapa final. O time basco aproveitando deste mal inicio se mandou ao ataque e abusou das jogadas aéreas, Jonny Evans e Phil Jones tiveram muito trabalho.

Aos 52′ em jogada ensaiada de escanteio e Kagawa cruzou na medida para Jones, o zagueiro cabeceou em cima de Bravo que fez grande defesa. Aos 57 minutos outra bola na trave do time basco, de la Bella pela lateral do campo tentou o cruzamento,  porém, a bola acabou indo em direção ao gol e bateu na trave antes de sair pela linha de fundo. O time da Real Sociedad sem alternativas partia para o ataque buscando o gol de empate, o United se aproveitou dos espaços e nos contra golpes conseguiu criar boas oportunidades de gol, mas acabou pecando na hora da conclusão.

Aos 62′ Rooney deu grande assistência para Valencia que saiu na cara do gol, o equatoriano chutou cruzado e a bola bateu na trave, a sobra ficou com Kagawa que desperdiçou mais uma boa oportunidade de ampliar o placar. Aos 80’ David Moyses colocou Ashley Young em campo no lugar de Javier Hernandez que não fez uma boa partida. 81′ em contra ataque puxado por Kagawa, Rooney recebeu na entrada da área, mas acabou batendo fraco facilitando a defesa do chileno Bravo. Aos 89 minutos foi a vez de Kagawa perder outra boa oportunidade após tabelar com Rooney e finalizar de perna esquerda para fora.

Pós-jogo

Com a vitória os Red Devils assumiram a liderança do grupo A com 7 pontos (2v-0d-1e) enquanto os espanhóis continuam amargando a lanterna do grupo sem nenhum ponto conquistado após 3 partidas disputadas. As duas equipes voltam a se enfrentar dia 5 de Novembro em jogo válido pela quarta rodada da UCL, desta vez o jogo acontece solo espanhol.

 

Detalhes da Partida

Escalações

Manchester United (4-2-3-1): David de Gea; Rafael (Chris Smalling 59’); Jonny Evans; Phil Jones; Evra; Michael Carrick; Ryan Giggs; Shinji Kagawa, Wayne Rooney; Antonio Valencia; Javier Henrnandéz (Ashley Young 80’).

Real Sociedad (4-2-3-1): Claudio Bravo; Carlos Martinez; Mikel González; de La Bella; Markel Bergara; Iñigo Martínez; Xabi Prieto (Pardo 68’); Griezmann; Seferovic (Agirretxe 75’); Carlos Vela; Zurutuza (Castro 75’).

Gols 

Manchester United: Iñigo Martínez (Contra 2’).

Cartões Amarelos

Manchester United: Rafael  (27’); Kagawa (34’)

Southampton: Vela (22’); Bergara (39’); Xabi Prieto (42’).

 

Comentários