Pré-Jogo

Em jogo válido pela 32ª rodada da Premier League, o Manchester United foi ao Britannia Stadium visitar o Stoke City.

Após a derrota no Derby de Manchester, o United voltou a campo com a intenção de se aproximar mais ainda do 20º título inglês. A vantagem na liderança pode novamente aumentar para 15 pontos, pois o City jogará a semi-final da FA Cup contra o Chelsea e ficará com um jogo a menos que o Manchester United.

No primeiro turno em Old Trafford, o Manchester United venceu o jogo por 4×2 com gols de Rooney(2x), Van Persie e Welbeck.

O Jogo

O Jogo começou eletrizante, com o United botando pressão. Logo aos 3’ Van Persie cobrou escanteio e após bate-rebate na área, Carrick de bico colocou a bola dentro da rede. 1×0 para o Manchester United.

Aos 6’ Van Persie cobrou escanteio rasteiro, Evra chegou chutando mas isolou a bola. O United continuou em cima, sem dar chances ao Stoke. Aos 12’ Rooney arriscou de fora da área e Begovic fez bela defesa.

O United tinha mais posse de bola, mas a partir dos 14’ o Stoke começou a se soltar, investia muito nos lançamentos longos, mas sem sucesso. Aos 18’ após cobrança de falta para a área, Huth subiu mais que todo mundo, cabeceou e a bola passou muito perto do gol de De Gea. A partir da metade do primeiro tempo o Manchester United começou a fazer o que fez em muitos jogos nessa temporada, chamar o adversário para seu campo, no caso o Stoke City e assim sair no contra-ataque.

Aos 23’ Rooney cobrou escanteio no primeiro pau e Carrick cabeceou para fora. Aos 25’ van Persie roubou a bola no meio-campo, tentou encobrir o goleiro que estava adiantado, mas sem sucesso, a bola passou muito longe do gol.

Aos 30’ o United saiu em contra-ataque novamente, Rooney serviu Van Persie que dominou, virou e chutou forte, mas Begovic fez a defesa.
O jogo ficou paralizado alguns minutos, pois após cobrança de falta para a área, Chicharito tentou pegar a bola de forma perigosa e acabou acertanto a cabeça de Wilkinson. Resultado, Wilkinson teve um corte no supercílio após o choque com a trava da chuteira de Chicharito.

Aos 41’ Kagawa partiu em velocidade no contra-ataque, fez boa jogada e só foi parado com falta. Falta que foi cobrada por Rooney e que passou muito perto do gol de Begovic. Aos 44’ Wilkinson partiu para a jogada individual, entrou na área, mas foi travado na hora do chute.

No final do primeiro tempo, o Stoke partiu na base do abafa e conseguiu colocar uma pequena pressão em cima do United, mas não conseguiu o mais importante, o gol. E assim terminou a primeira etapa no Britannia Stadium, Stoke City 0 x 1 Manchester United.

Segundo Tempo de fim de jejum

O segundo tempo começou com o United trabalhando a bola, trocando passes buscando encontrar um espaço na defesa bem postada do Stoke City. E o Stoke continuava a investir nos chutões para frente, mas continuava sem sucesso.

Aos 50’ o goleiro Begovic cobrou lance livre do seu próprio campo de defesa, tentou a ligação direta, Jones subiu, mas cabeceou para fora.
Aos 52’ Rooney recebeu a bola na defesa, e lançou perfeitamente para Chicharito que dominou e olhou muito bem Van Persie passando no outro lado, deu um belo passe diagonal para o holandês que acertou a rede, mas pelo lado de fora.

O Stoke voltou a se soltar, aos 54’ a bola foi lançada para a área, Shotton ajeitou de cabeça para o meio da área, Walters sozinho pegou mal na bola e mandou por cima do gol. Aos 58’ Adam arriscou de fora dá área e De Gea pegou sem dar rebote.

O United continuou dando espaço para o Stoke, aos 61’ Carrick não conseguiu dominar a bola, ela espirrou e sobrou para Jones que arriscou de fora da área, mas a bola passou por cima do gol de De Gea. Aos 64’ o United partiu no contra-ataque com Rooney, ele serviu Van Persie que após o drible foi derrubado na área, pênalti claro.

O próprio Van Persie foi para a cobrança, e a bola foi para dentro da rede. Ele encerrou seu jejum de 2 meses sem marcar. Van Persie extravasou toda sua alegria, comemorou dando um abraço em Sir Alex Ferguson e depois foi comemorar com seu compatriota Büttner no banco de reservas. E os Red Devils que foram ao Britannia Stadium, fizeram a festa junto com ele. Agora 2×0 para o United.

Mas o Stoke não desistiu. Aos 69’ a bola foi lançada, Evra escorregou, Shotton dominou e chutou forte para a defesa de David De Gea.

O United segurava mais o resultado, o Stoke ainda tentava partir para cima, mas não tinha mais a força para atacar. O United trocava passes para segurar a bola e também procurando um espaço na defesa do Stoke, em um desses passes, houve um belo passe de letra de Wayne Rooney e segundos depois, Ferdinand deu um belo ‘chapéu’ em um de seus adversários.

Aos 77’ Michael Owen, que foi o camisa 7 do United até a temporada passada, e agora é camisa 10 do Stoke City, foi para o jogo. Ele já declarou que vai se aposentar no fim da temporada. A torcida dos Red Devils aplaudiu Owen assim que ele entrou em campo.

Aos 80’ Adam cobrou falta para a área, ninguém alcançou, a bola quicou, pegou velocidade e a direção do gol, no reflexo De Gea fez uma defesa espetacular, evitando o que seria o gol do Stoke. Aos 84’ Shotton arriscou de fora da área e mandou a bola para longe do gol de De Gea.

O final de partida foi monótono, sem grandes chances para nenhuma das duas equipes, o Stoke tentava ir para cima do United, mas não tinha condições, não tinha mais forças para atacar. Enquanto isso o United quando tinha a bola, apenas trabalhava, trocava passes para passar o tempo. E assim terminou a partida, Carrick marcou no primeiro tempo, Van Persie marcou no segundo, Stoke City 0 x 2 Manchester United.

O United chegou a sua 26ª vitória na Premier League, e a sua 12ª fora de casa e voltou a ficar 15 pontos na frente do rival City que não jogará esta rodada, e continua caminhando firme rumo ao título inglês, precisando apenas de 7 pontos para levantar o seu 20º troféu de campeão inglês.

Detalhes da Partida

Curiosidades

O gol de Michael Carrick foi o 100º do Manchester United na temporada. Com essa vitória sobre o Stoke City, Sir Alex Ferguson chegou a sua 900ª vitória no comando do Manchester United. De Gea, conseguiu seu 4º clean sheet seguido fora de casa.

Escalações
Manchester United: De Gea, Vidic, Evra, Jones, Ferdinand, Kagawa, Carrick, Valencia, Rooney, Chicharito(Welbeck 77’) e van Persie.

Stoke City: Begovic; Cameron(Jerome 70’), Shawcross, Huth, Wilkinson; Shotton, Whelan, Nzonzi, Adam, Walters(Owen 77’) e Jones(Crouch 83’).

Gols
Manchester United: Carrick(3’); Van Persie(64’)

Cartões amarelo
Manchester United: Valencia(63’)
Stoke City: Jerome (85’)

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários