Traduzimos uma matéria do 90 MIN/UK sobre jogos loucos que o United teve na Premier League, para você quais os jogos mais loucos que vocês lembram, comentem.

O Manchester United não é estranho aos clássicos encontros da Premier League, tendo competido por grandes honras durante toda a era da Premier League, e eles certamente não estranham ao drama. É difícil escolher apenas alguns jogos, mas é exatamente isso que vamos tentar fazer aqui – de jogo de 10 gols a guerra de pizza, aqui estão seis dos mais loucos jogos do Manchester United na Premier League.

6. Manchester United 2 -1 Sheffield Wednesday (10/04/1993)

Fazia 26 anos desde que o Manchester United conquistou o título pela última vez, um técnico pouco conhecido, Alex Ferguson, havia lutado por algumas posições no meio da tabela, e a pressão estava por vir para finalmente conquistar o título. Os Diabos Vermelhos estavam fazendo exatamente isso, apesar de uma pequena oscilação ter ameaçado inviabilizar suas esperanças após uma vitória em cinco jogos. Eles tiveram um problema ruim semelhante em março do ano anterior, o que lhes custou o título da Primeira Divisão.

O United estava desesperado por uma vitória para evitar mais uma temporada de desgosto, mas as coisas não foram planejadas. A penalidade convertida pelo Sheffield Wednesday que assumiriam a liderança e, com o relógio como inimigo, o United estava indo para outra derrota.

Então, surgiu um herói improvável em Steve Bruce. Ele empatou aos 86 minutos antes de marcar seu segundo gol aos 97 minutos de jogo. No que mais tarde se tornaria conhecido como “Fergie Time”, o Manchester United conquistou a vitória nos momentos finais antes de erguer o título da Premier League.

5. Manchester United 9 – 0 Ipswich Town (04/03/1995)

Depois de ter vencido as duas primeiras temporadas da Premier League, o United estava novamente em busca do título na campanha de 1994/95. Eles disputaram com o Blackburn Rovers durante toda a temporada, trocando o primeiro e o segundo lugar com frequência.

O United havia acabado de se render ao Everton na primeira colocação após derrota e estava procurando uma resposta adequada. Nem mesmo o próprio Ferguson poderia ter previsto a tarde que estava por vir, já que a sua equipa venceria por 9-0 o triunfante time do Ipswich Town.

Andy Cole conseguiu cinco gols, e o United estabelecia a marca da maior vitória da Premier League, um recorde que ainda permanece 23 anos depois.

4. Manchester United 2 – 0 Arsenal (24/10/2004)

Este foi um jogo mais lembrado pelas confusões fora de campo do que o atual jogo em si, com a infame “The Battle of the Buffet” (A Batalha de Buffet), agora gravada nos livros de história da Premier League.O United e o Arsenal compartilharam uma feroz rivalidade por anos, tendo conquistado 11 dos 12 primeiros títulos da Premier League, apesar de uma nova reivindicação ao título estar começando a surgir no Chelsea.

O Arsenal estava no meio da sua famosa corrida dos “Invencíveis” e estava invicto a 49 jogos para esta partida. Foi um confronto ferozmente contestado, marcado por controvérsias, já que o árbitro Mike Riley se absteve em boa parte do jogo.

As coisas chegaram ao ponto de ebulição. Ruud van Nistelrooy converteu um pênalti muito contestado, antes de Rooney somar o segundo gol.

O clima pesado da partida iria transbordar para dentro do túnel após o fim do jogo, com Sir Alex golpeado com uma fatia de pizza em um incidente pós-jogo bizarro – ninguém sabia quem tinha jogador, até que uma decada depois Fabregas assumiu que tinha sido ele.

3. Manchester United 4 – 3 Manchester City (20/09/2009)

O United sempre foi o maior time de Manchester, mas os rivais locais, o Manchester City, estavam começando a aparecer. Após a aquisição de Sheikh Mansour, um membro da família real de Abu Dhabi, o Manchester City estava começando a gastar muito.

O City começou a campanha 09/10 com quatro vitórias consecutivas, incluindo uma confortável vitória sobre o Arsenal. Eles então enfrentariam seus maiores rivais em uma competição de alta intensidade.

Craig Bellamy marcou para empatar no final do jogo, mas o drama não parou por aí, quando Michael Owen recebeu grande passe de Ryan Giggs aos 97 minutos de jogo e marcou o gol da vitória, vencendo o jogo por 4 a 3.

2. Manchester United 8 – 2 Arsenal (28/08/11)

Enquanto alguns dos famosos rivais do United ganharam terreno, outros simplesmente desapareceram. Infelizmente para o Arsenal, as temporadas de baixo desempenho levaram os Gunners a esta categoria depois de seis anos sem um único título.

Suas finanças estavam prestes a piorar à medida que sofriam uma completa humilhação em Old Trafford. O United vencia por 3-1 no primeiro tempo, tendo controlado o começo do jogo. Foi no segundo tempo, quando o United realmente carimbou sua autoridade no jogo, marcando mais cinco vezes para infligir uma esmagadora derrota por 8 a 2 contra os homens de Arsene Wenger. Uma lembrança histórica em Manchester

1. Leicester City 5 – 3 Manchester Utd (21/09/14)

Desde a saída de Sir Alex, o United tem lutado para se manter competitivo na disputa pelo título da Premier League. Eles terminaram em sétimo lugar na primeira temporada depois de sua partida, e queriam se reconstruir sob Louis van Gaal.

O United começou devagar, não conseguindo vencer Swansea, Burnley e Sunderland nos seus primeiros quatro jogos. Depois de derrotar o QPR por 4-0, a maioria previu um ressurgimento contínuo do time de van Gaal contra o Leicester no King Power Stadium.

As coisas estavam indo bem inicialmente, com o United chegando a uma vantagem de 3-1, aproximando-se da vitória.    Os Foxes marcaram quatro gols nos últimos 30 minutos, quando o United se desintegrou, em uma atuação que resumiu seu apelo dramático. A reação do mascote de Leicester após o jogo disse tudo realmente ..

Comentários