Apesar do sucesso na temporada 2012-2013, ela acabou marcada pelo anúncio da aposentadoria de Sir Alex Ferguson, após 27 anos no comando do clube. No dia 8 maio de 2013, pouco antes do final da temporada da Premier League, Sir Alex Ferguson anunciou sua aposentadoria como treinador do Manchester United. David Moyes, então treinador do Everton, foi o escolhido como seu sucessor no dia seguinte, com um contrato de 6 anos de duração. Ferguson, porém, iria permanecer como diretor e embaixador do clube. No dia 19 de maio de 2013, Sir Alex Ferguson comandou o Manchester United pela última vez no empate por 5-5, contra o West Bromwich Albion.

O fim da era Ferguson terminou com a conquista de 38 títulos, sendo 13 Barclays Premier League e 2 Liga dos Campeões da UEFA, como as principais conquista, além dos vários jogadores revelados pelo Manchester United.

David Moyes tinha tudo para continuar com o sucesso de Ferguson, e iniciou seu comando com a conquista da Community Shield 2013, após vencer o Wigan por 2×0. Entretanto a sequência da temporada foi horrível, onde o time quebrou, pelo menos, 21 recordes de forma negativa, dentre as quais conseguiu realizar a pior campanha na Premier League desde a sua criação em 1992. Coincidência a parte, após o Manchester United ser derrotado pelo Everton, antiga equipe de Moyes, o escocês foi demitido no dia 22 de Abril de 2014. Ryan Giggs, até então jogador da equipe, foi o escolhido para comandar a equipe até o final da temporada, assim acumulando as funções de jogador-treinador interino da equipe.

No dia 19 de Maio de 2014, Louis Van Gaal foi anunciado como o novo treinador do maior campeão inglês, assinando um contrato de 3 anos de duração. O holandês só assumiu o comando técnio do Manchester United após o fim da Copa do Mundo, uma vez que estava comandando a seleção Holandesa.

Conheça mais sobre a história do Manchester United:

<< Os Glazers |