Após o início da Segunda Guerra Mundial em setembro de 1939, a federação inglesa teve que paralisar todos os campeonatos e o Old Trafford foi requisitado pelo exército para ser utilizado como um depósito. As partidas de futebol continuou a ser jogado no estádio, mas um bombardeio alemão em Trafford Park em 22 de dezembro de 1940 acabou danificando o estádio. Após reformas as partidas foram retomada em 8 de março de 1941, mas um outro ataque alemão em 11 março de 1941 destruiu grande parte do estádio, principalmente o setor Principal (agora o Stand do Sul), obrigando as operações do clube de se transferir para Cornbrook Cold Storage, de propriedade do presidente James W. Gibson. Depois da pressão de Gibson, os danos causados pela Guerra foram concedido ao United, pela a Comissão de Danos da Guerra, £ 4.800 para remover o detritos e £ 17.478 para a reconstrução das arquibancadas.

Durante a reconstrução do estádio, o Manchester United jogou suas partidas no estádio Maine Road, casa do rival da cidade, Manchester City , a um custo de £ 5.000 por ano e ainda de uma porcentagem das receitas de bilheterias.

Conheça mais sobre a história do Manchester United:

<< Sobe e desce de divisão | Sir Alexander Matthew Busby >>