apos-vitoria-mourinho-critica-smalling-e-shaw

Aos que pensavam que o bom resultado do United sobre Swansea acalmaria o ambiente, no Old Trafford, se surpreendeu com a intensa coletiva de José Mourinho. O treinador português criticou abertamente Luke Shaw e Chris Smalling, por não estarem a disposição no último jogo. Os dois jogadores que estão em fase final de recuperação, alegaram não estar seguros para entrar no campo, fato que irritou o comandante.

“Para competir você tem que ir ao limite. É cultural para alguns e não é a minha cultura. Mais do que eu, é Manchester United. Tenho um amigo que é um jogador de tênis de alto rendimento e me diz que se lembra de mais as vezes que ele joga com dor do que as vezes que ele joga sem dor”, reclamou o português.

Se a postura da dupla gerou desconforto, outros jogadores foram exaltados. Caso de Ashley Young, Darmian, Phil Jones e Blind, que mesmo como dor fez questão de estar presente no banco de reservas.

“Daley Blind tem alguns problemas, mas se colocou disponível para ficar no banco e tentar ajudar a equipe ao máximo. São nessas pessoas que eu confio para um jogo difícil”, concluiu.

Após cumprir suspensão, Mourinho volta a comandar o Reed Devils na próxima rodada. O clássico contra o Arsenal, no dia 19 de novembro, no Old Trafford, pode fazer o clube se aproximar mais do líderes e Mourinho conseguir ultrapassar seu maior desafeto na Inglaterra, Arsène Wenger.

Comentários