Notícias

Na tarde desta quinta-feira (28), aconteceu a primeira entrevista coletiva de Ole Gunnar Solskjær como técnico efetivo do Manchester United, e durante a coletiva, o técnico norueguês falou sobre diversos assuntos. “O trabalho duro começa agora.”

Logo no início da entrevista, Solskjær confirmou que conversou com Sir Alex Ferguson após o anúncio oficial por parte do clube: “Foi um dos meus primeiros telefonemas depois do que foi decidido”, afirmou.

“Estou muito honrado e privilegiada de ter recebido essa responsabilidade para levar o clube a frente.”, comentou.

Um dos pontos que levou Ed Woodward a efetivar o técnico, foi a quantidade de pontos que o Manchester United conquistou nos últimos jogos. “Quando consegui o emprego, estávamos 11 pontos atrás do 4°, agora temos a oportunidade de ficar no top 3. Isso tem que ser o objetivo a curto prazo na liga.”, afirmou.

“Nós vamos fazer alguns negócios nesse verão”, comentou Solskjær sobre a próxima janela de transferências que abre em maio. Esse é um dos pontos que a torcida mais se pergunta.

“Levantar novamente o troféu da Premier League é o que esperamos. Não podemos esperar por muito tempo.”, falou Solskjær sobre o título da Premier League. O Manchester United ganhou seu último título nessa competição na temporada 12/13, ainda sobe o comando de Sir Alex Ferguson.

Perguntado sobre Mike Phelan, assistente técnico do clube, Solskjær respondeu: “Mike Phelan é parte importante do Set-Up, eu espero que ele continue.” Phelan também foi assistente técnico de Sir Alex Ferguson e tem sido extremamente importante nessa recuperação do United.

“Temos um contrato lá.”, respondeu após ser perguntado sobre sua casa alugada ao zagueiro Van Dijk, próximo da cidade de Manchester.

Solskjær chegou ao Manchester United em 1996, como jogador contratado por Sir Alex Ferguson, conquistou vários títulos, sendo autor do gol histórico contra o Bayern de Munique nos acréscimos da final da Liga dos Campeões de 1999 no Camp Nou. Se aposentou em 2006 e virou técnico do Manchester United Sub-23. Solskjær saiu para ser técnico do Molde em 2013, teve uma breve passagem pelo Cardiff em 2014 e depois voltou ao clube norueguês, ficando até o final do ano passado, quando foi contatado em dezembro de 2018 para ser o técnico efetivo do Manchester United, substituindo o português José Mourinho.

No comando dos Diabos Vermelhos, Solskjær tem 14 vitórias em 19 jogos, tendo vencido Tottenham, Chelsea e Arsenal fora de casa, além da milagrosa classificação contra o Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões

Comentários