Federico-Macheda-

Há mais ou menos 4 anos, Federico Macheda ficou conhecido pela torcida Red Devil por ter marcado gols importantíssimos contra Aston Villa e Sunderland na Premier League da temporada 2008/09.

Desde então o jogador tenta provar sua qualidade, mas nunca conseguiu emplacar. Ele já foi emprestado à Sampdoria, QPR, Sttutgart, Doncaster Rovers e hoje está no Birmingham City.

Com a mudança de comando no Manchester United, Macheda perdeu ainda mais espaço. Com 22 anos e com seu contrato com o United chegando ao fim ele declarou em entrevista ao Daily Telegraph que não espera continuar no United, mas que pretende continuar atuando no futebol inglês.

“Eu não acho que eu vou ficar no United, mas aconteça o que acontecer, ninguém pode tirar as memórias do meu tempo lá. Meu contrato com o United termina no final da temporada, mas não estou preocupado com isso agora. Quando meu empréstimo acabar, em maio, vamos ver o que acontece, mas eu quero ficar na Inglaterra, o ideal é a Premier League. Vai ser estranho para mim, porque eu estou começando tudo de novo, mas só estou focado em fazer o meu melhor em Birmingham. Há muitas coisas para melhorar. Tenho toda a minha carreira pela frente. Vou trabalhar mais para colocar minha carreira de volta no caminho certo e estou muito confiante em fazer isso.”

Macheda ainda deu a sua opinião sobre a atual temporada do Manchester United e também sobre o técnico David Moyes.

“Tem sido muito difícil, eu não sei as razões. Precisavam de novos jogadores? Bem, sim, é claro, mas na última temporada eles ganharam o título com a mesma equipe e agora eles têm Juan Mata. As pessoas dizem que precisam de novas contratações, mas ainda é basicamente a mesma equipe que terminou em primeiro lugar no ano passado. É uma grande diferença para os quatro primeiros, mas eles poderiam ter uma chance. Nesta temporada, o título passou, mas há sempre a próxima temporada. Você tem que ter algo para ser o técnico do Manchester, e espero que ele mostre a qualidade dele para os jogadores para a próxima temporada. Com os jogadores que eles têm, eles vão se recuperar.”

E sobre a sua relação com David Moyes, o italiano acrescentou:

“Eu não tive muito o que fazer com ele, porque ele  trabalhou mais com a primeira equipe. Eu fui deixado de fora da equipe e, claro, que foi decepcionante, mas você pode entender que um novo gerente quer trabalhar com novos jogadores. Ele fez a escolha dele e eu segui meu caminho, todo mundo estava feliz. Falei com ele antes de vir aqui. Eu disse que queria ir para Birmingham e ele concordou, então foi isso. Eu não fui na pré-temporada neste verão e eu não sei porquê. Mas eu estava preparado, porque eu sabia que o novo gerente gostaria de trazer novos jogadores” – Finalizou.

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários