Notícias

Trazemos aqui no nosso site uma entrevista que o meia Carrick deu para a UEFA.com e falou sobre as noites europeias em Old Trafford, de ser treinado por José Mourinho e da determinação dos red devils em conseguir os objetivos.

UEFA.com: Como são as noites europeias em Old Trafford? 

Michael Carrick: Há um sentimento diferente ao redor do estádio e uma energia positiva extra. Penso que se deve aos muitos anos em que aconteceram tantas coisas no meio da semana (aos jogos da UCL). Tive a sorte de poder fazer parte de algumas delas e tenho grandes recordações.

UEFA.com: Quais destaca?

Carrick: O jogo contra o Barcelona na semifinal da UCL em 2008 (vitória de 1 a 0 para o United) é algo que nunca esquecerei. O ambiente e a emoção vividos essa noite foram algo de muito especial. Também contra a Roma, quando ganhamos por 7 a 1, por razões diferentes, foi algo também muito especial. Dá-nos um pouco mais de energia, aquela energia extra de adrenalina. Penso que todos sentem isso no estádio. Como jogador sentimo-nos empolgados, o que faz desses jogos ocasiões especiais.

UEFA.com: Diria que Old Trafford foi feito para as grandes noites?

Carrick: Sem dúvida. Há noites que são recordadas por todos e as pessoas acabam por ter uma recordação ou outra ao longo dos anos. Espero que tenhamos mais outra nas semifinais (contra o Celta).

UEFA.com: O que significaria para o clube vencer este troféu? Já há espaço destinado para ele?

Carrick: Claro que sim. Estou pessoalmente ansioso por chegar à final e tentar ganhá-la. É a única coisa que interessa. Seja qual for o objetivo, em especial neste clube, com a equipe que temos, queremos alcançar. É uma grande oportunidade.

UEFA.com: O que é que José Mourinho deu a esta equipe desde que chegou?

Carrick: É um vencedor, ganhou em todo o lugar por onde passou, acho que isto diz quase tudo. Ele ganhou o respeito de todos no futebol porque teve muito sucesso. Cabe-nos agora ver como aconteceu e aprender com isso. Ele é como nós – queremos todos ganhar e vencer troféus.

UEFA.com: A sensação de pressentir que virão aí coisas boas – qual o papel dele nisso

Carrick: Sim. Ele é o líder, é o treinador, ele nos guia e também ao clube. Houve muitas coisas boas desde a sua chegada: a consistência da equipa, o desempenho global. Há muito confiança neste fim de época que se vê continuar para a próxima.

© 1998-2017 UEFA. All rights reserved.

Comentários