Notícias

Há um ano atrás Januzaj era quase desconhecido. Tendo chegado à Old Trafford por apenas £300,000 libras em 2011 vindo do Anderlecht, apenas o mais ardente dos torcedores do clube sabia de sua história e do talento precoce que o garoto trazia em si.

Foi David Moyes quem trouxe o jovem garoto para a equipe principal do clube. Foi um ato de desespero, mas sendo intencional ou não, o escocês será sempre lembrado por ser o técnico que deu à Januzaj sua primeira oportunidade no time principal.

E que estréia foi. Dois gols numa virada de 2 à 1; nascia uma estrela. Logo as páginas dos jornais já estampavam histórias sugerindo que o garoto pudesse em breve representar a seleção inglesa ou ser envolvido em uma transferência muito lucrativa longe da Premier League.

O sucesso e a fama do garoto de 19 anos nascido em Bruxelas é fruto do compromisso e perseverança de seus pais, afirmou Januzaj. Seus pais estavam lá quando o garoto marcou pelos Reserves do clube, eles também estavam assistindo sua estréia pela seleção belga.

“(Minha família) são muito importantes para mim e para minha carreira… Especialmente meu pai e minha mãe; eles me apoiam sempre desde que comecei a jogar futebol”

Tendo saído de casa ainda jovem, Januzaj diz que é difícil visitar sua família. Ele admite a dificuldade que é ficar longe de sua família mas pretende ficar a maior parte de seus tempos livres com seus pais.

“Quando eu volto de uma convocação, às vezes sobra tempo para ir vê-los”

Parece surreal que alguém nascido em 1995, fale sobre um retorno de uma Copa do Mundo no Brasil tão tranquilamente.

“Para mim, foi uma boa experiência. Eu não joguei muito, mas eu aprendi muito de estar lá. Espero que, se eu tiver chance, a próxima Copa do Mundo seja minha … Nós temos muitos jogadores talentosos na equipe e temos um bom treinador, temos a capacidade de vencer a Euro. “

O jogador ainda está amadurecendo, como atleta e como homem. Quando está livre, Januzaj faz coisas como qualquer outro garoto de 19 anos de idade faz, quando perguntado sobre o que ele faz fora do futebol o jogador disse:

“Eu gosto de ir à lanchonetes, shoppings também.”

Ele também é viciado em vídeo-games:

“Eu jogo FIFA! Quando estou viajando, jogamos. Na seleção também jogamos. Alguém melhor que eu? No momento eu estou vencendo todos, isso sim!”

Desde sua estréia até o momento atual, Januzaj têm tido poucas chances. Sua súbita ascensão na equipe tomou um balde de água fria após a chega de Louis van Gaal que também trouxe com si Di María e Falcao. Na verdade, comparações têm sido feitas entre Januzaj e o último grande talento que o clube teve em mãos – O meia francês Paul Pogba. O jogador da Juventus ficou irritado com a falta de oportunidades que o United o dava e deixou o clube, mas teve oportunidades na Juventus e agora já é protagonista do clube italiano e já aclamado como um dos melhores jogadores do mundo em sua posição, jogando um futebol de alto nível.

Januzaj revelou uma estreita amizade com Pogba durante seu tempo na base do United e também seu amigo íntimo Danny Welbeck que também deixou o clube.

“É triste ver outro amigo saindo? Sim, porque ele era um ótimo amigo comigo aqui… Para ser honesto, eu tenho um ótimo relacionamento com todos. Evra foi o que mais me ajudou quando eu cheguei, mas agora eu falo com todo mundo e sou amigo de todos do elenco.”

Ao invés de se sentir intimidado com as constantes mudanças no clube, Januzaj está encantado com a possibilidade de jogar e aprender com dois dos melhores jogadores do mundo que jogarão ao lado dele, em Old Trafford.

“Eu tenho treinado com Di María, Falcao ainda estou esperando. Eu gosto muito dele (Di María), ele é muito bom tecnicamente e ele é um bom passador. Ele é um jogador inteligente. (Também já vi) Rojo. Ele é um jogador muito bom. Ele é um bom zagueiro, porque ele se sente à vontade com a bola no pés.”

A pessoa sente um desejo por trás do olhar jovem de Adnan Januzaj. Ele é uma pessoa focada, que sabe exatamente o que quer e que está preparada para trabalhar e adaptar-se à qualquer coisa para alcançar seus objetivos. É este tipo de mentalidade que fez com que van Gaal e seu assistente Giggs entregassem ao garoto o cobiçado número 11 que pertencia ao galês.

“Eu me sinto privilegiado. Eu costumava vê-lo (Giggs). Eu aprendi um monte de coisas com ele… são tantas coisas que eu não posso nem escrevê-las em uma lista!”

Quando questionado sobre onde ele se encaixa no 3-5-2 de van Gaal, Januzaj não demorou à responder:

“Como camisa 10, claro. Essa é a minha posição preferida, mas estou feliz de jogar em qualquer posição que o técnico quiser. Eu vi alguns relatos dizendo que eu estava infeliz, isso não passa de grandes mentiras inventadas. Eu amo este clube e estou animado para jogar com van Gaal. Os torcedores são maravilhosos comigo e eu quero retribuir.”

Ainda jovem, Januzaj diz que assistia muito Zidane e Riquelme, e que deseja chegar ao nível deles, de sua forma. Januzaj também classifica o atacante do Liverpool, Sturridge e os jogadores do Chelsea, Diego Costa e Hazard como os melhores jogadores da Premier League.

Hazard, em particular, recebe um elogio maior de Januzaj:

“Ele tem todas as qualidades para ser um futuro vencedor do Ballon d’Or. Eu e Eden temos um bom relacionamento. Quando estamos na seleção, nós saímos juntos e rimos muito mesmo. Ele é um amigo muito bom para mim também.”

A perspectiva do jovem Januzaj, combinada com várias referências a amizades no futebol é justaposta com a dura realidade do futebol moderno. Vários clubes têm como seu principal objetivo a UEFA Champions League, é claro. No entanto, está cada vez mais difícil, e perguntado sobre as chances do Manchester United voltar a competição internacional e terminar entre os quatros primeiros da Premier League, Januzaj disse:

“O United é um grande clube e claro que pode conseguir. Eu vou fazer o melhor que posso, ganhar muita experiência e conquistar muitos títulos também.”

Se o Manchester United está lutando para se adaptar à nova era que se inicia no clube, os fãs podem se consolar diante da avaliação de Januzaj sobre o momento do clube:

“Tudo muda e pode mudar muito rapidamente. Precisamos de mais tempo com o novo técnico. É muito difícil para os técnicos chegarem no Man United. Basta ter paciência.”

Diante do momento atual do clube, uma coisa é clara: Januzaj é um jovem que está determinado a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para se tornar o homem que seus pais e amigos colocaram muita fé e esforço – uma estrela tanto em competições nacionais quanto internacionais.

Por Raphael Wellerson
www.mufcbr.com

Comentários