Lingard e Rashford ambos formados na academia do Manchester United deram um entrevista para a Sky Sports, onde falam sobre sua jornada no Manchester United, suas ambições, a seleção e muito mais.

O que há de especial em passar pela academia do Manchester United?
Rashford: “A melhor coisa que posso dizer é que é como uma grande família, embora ele [Lingard] seja quatro ou cinco anos mais velho que eu. Quando você está no sub-11 e no sub-16, todos estão se misturando e você compartilha a mesma cantina e qualquer coisa que você faz, todo mundo faz isso juntos. Essa é a maior coisa que fica com você “.

Foi muito assustador quando você veio pela primeira vez?
Lingard: “Sim, definitivamente. Eu me mudei quando tinha 12 anos de idade, escola diferente, era mais difícil para minha família, mas eles entenderam que era um caminho que o Manchester United tinha feito para mim. Eu cumpri e valeu a pena. “

O clube tem muita história e muitas lendas. Você sentiu a pressão?

Rashford: “Não, porque você sabe que as crianças que estão lá agora no sub-9 e sub-10 já sabem disso, você se acostuma com o tempo e quando você chega aos 15 ou 16 você nem pensa nisso.”

Vocês dois são tão respeitados pela academia que você tem pinturas lá embaixo…
Lingard: “É ótimo ser reconhecido como um jogador local que vem para o primeiro time, só podemos agradecer aos funcionários que nos ajudaram ao longo do caminho. Alguns ainda estão aqui hoje, então é sempre bom esbarrar com eles por aqui.”

Como você ficou orgulhoso de fazer isso, porque nem todo mundo consegue fazer o que você conseguiu…
Rashford: “É difícil. Tantos amigos que você fez, você vê alguns deles, e alguns ficam e depois alguns partem mais tarde; essa é a coisa mais difícil. Quando você chega lá e está jogando, não está apenas jogando por si mesmo. Há muitas pessoas que compartilharam o mesmo sonho que você teve, então é como se você estivesse jogando para todos eles e por sua família também.”

Jesse, muitos dos jogadores com quem você jogou, sairam. Isso torna especial que você tenha Marcus e Paul Pogba, que passaram pelo mesmo tipo de coisas que você fez na equipe agora?
Lingard: “O grupo que eu ganhei, que venceu a FA Youth Cup [em 2011], era um grupo especial e Sir Alex [Ferguson] falava sobre nós e dizia que haveria muitas pessoas que entrariam no primeiro time. Alguns de nós seguiram caminhos diferentes e ainda estão jogando e nós mantemos contato. Há uma nova era. Marcus veio e Paul ainda está aqui também, e temos que continuar. “

O que tornou a ‘Classe de 92’ um grupo tão especial, que conseguiu o que fez?
Lingard: “Eles vieram juntos e como um time. O time em que eu estava é provavelmente o mais próximo de imitá-los, mas há uma nova era. Há Marcus e Scott [McTominay] chegando e Paul ainda está aqui. Se pudermos ganhar troféus juntos ao longo de muitas temporadas, isso seria perfeito.”

Quando você vê os jovens por aí agora, fazendo o que você costuma fazer, é estranho que você é agora o que eles estão querendo ser?
Lingard: “Sim, definitivamente, mas eu acho que é bom ser um modelo para garotos jovens. Existem caminhos diferentes para o primeiro time, obviamente Marcus entrou direto e está indo bem, então existem pessoas diferentes que eles podem admirar. É sempre bom estar por perto e dar conselhos também.”

Jesse, você demorou um pouco mais para chegar ao seu ápice, nesta temporada você parece ser um jogador completamente diferente. O que aconteceu?
Lingard: “Eu acho que é desenvolvimento, comigo sendo tão pequeno em uma idade jovem, o United sabia que tinha que me nutrir da maneira certa, e às vezes eu menosprezava. Tudo era bom para o desenvolvimento e eles podiam ver o potencial e habilidade. Eu tinha uma idade jovem e coloquei sua confiança em mim e isso foi pago.”

Um de seus treinadores, Terry Phelan, descreveu sua personalidade como alegre e travessa e disse que isso o fez percorrer um longo caminho?
Lingard: “Desde que eu era jovem eu era uma criança feliz sempre fazendo brincadeiras e piadas com companheiros de equipe, o que eu acho que é bom para o vestiário e para o ambiente. Eu ainda faço isso agora. Obviamente haverá diferentes traços de caráter nos locais, mas eu estou lá para trazer felicidade e um sorriso “.

Marcus, como é Jesse no campo de treinamento? Nós o vimos muito em sua mídia social. E cara a cara?
Rashford: “Porque ele é assim o tempo todo, é bom para o time. Se você tem um resultado ruim ou algo acontece, ele é o primeiro a esquecer e passar para o próximo jogo. Se todo mundo está deprimido, você nunca vai sair da decepção, então você tem que ter isso no time e ele tem muito disso “.

É um grande clássico para vocês neste final de semana. Quão importante é o jogo?
Lingard: “Nós já jogamos lá antes, jogamos e nos saímos bem, então não vejo por que não podemos fazer isso de novo. A cabeça do pessoal têm que estar focada e temos que nos concentrar 100% no nosso trabalho e conseguir três pontos porque é para isso que estamos jogando.”

É mais importante para você porque o City pode ganhar o campeonato?
Lingard: “Você tem que ver isso apenas como um jogo, porque se você deixar outras coisas entrarem em ação, isso pode afetar seu desempenho, então você tem que entrar nisso como qualquer outro jogo. Você tem os rapazes ao seu lado dando 100%.

Marcus, você tem boas recordações, você conseguiu seu primeiro gol na casa do City em 2016…
Rashford: “O time jogou brilhantemente esse jogo e nós merecemos vencer. Esse sentimento de ir para um grande time é algo especial. Para fazer isso juntos como um time, você o segura e dá a força e motivação para continuar fazendo.”

Jesse, qual é o seu jogo agora baseado na confiança e quanto tudo o que você fez nesta temporada colocou você em uma posição melhor?
Lingard: Eu acho que a confiança desempenha um papel enorme. Se você entrar em um jogo confiante, tentará as coisas e elas sairão. Tudo em torno da confiança faz parte, no momento estamos todos confiantes e ansiosos para este final de semana.

Nós obviamente não sabemos se você irá para a Rússia para a Copa do Mundo ainda, mas você está se saindo bem pela Inglaterra. Isso te deixa orgulhoso?
Rashford: “Tirando o seu desempenho, você se sente orgulhoso de qualquer maneira por estar jogando e estar nessa posição. É quando você se pressiona para se apresentar. Você sabe que passou por muitas pessoas para chegar onde está hoje e ninguém pode tirar isso de você, mas ao mesmo tempo você não pode deixá-los ficar atrás de você.”

Como você se sente no United nesta temporada em comparação com as temporadas anteriores?
Rashford: “Esse tipo de coisa fica cada vez mais forte a cada ano. Eu me lembro quando o técnico veio pela primeira vez e contratamos alguns novos jogadores e naquele verão todos estavam se acostumando. Agora, todos são como uma família e todos lutamos um pelo outro em campo e fora do campo somos tão felizes juntos. É uma grande melhora ”.

O que seria um sucesso para o United nesta temporada e para você individualmente?
Lingard: “Definitivamente um troféu. Podemos ganhar a Copa da Inglaterra, temos confiança para vencer. E, ansiosos pela Copa do Mundo, se estivermos na equipe, temos que nos sair bem e nos apresentarmos bem.”

E finalmente, o que você tem que fazer para vencer o City neste fim de semana?
Lingard: “Temos que jogar com essa confiança e sem medo. Se fizermos isso, venceremos o jogo e conseguiremos os três pontos. Precisamos ter confiança para jogar, sabemos que é um grande jogo, mas a confiança é um fator importante.

Comentários