Notícias

O capitão do Manchester United, Harry Maguire, insiste que será capaz de deixar para trás sua terrível experiência de férias e voltar a se concentrar no futebol por causa de sua força mental.

O zagueiro está confiante de que a verdade será revelada após a interposição de um recurso contra um veredicto do tribunal na ilha grega de Syros. 

Ele está grato pelo apoio de todos no clube, depois de falar com o técnico Ole Gunnar Solskjaer, na sequência de um incidente em Mykonos, onde estava em férias de final de temporada com sua família.

“Foi um grande privilégio jogar pelo clube” , disse ele à BBC em uma entrevista. “Não importa se sendo um capitão ou não. Uma coisa que direi é o quanto o clube tem apoiado de cima a baixo. Eles têm sido ótimos comigo e eu os agradeço por isso.

“Significa tudo. Obviamente, foi um momento muito difícil. Meu foco principal tem sido minha família, mas a segunda melhor coisa em família é o futebol. Portanto, jogar pelo Manchester United é algo que amo e o clube, honestamente, tem sido ótimo comigo ”.

Maguire afirma que estará com a mente boa, física e mentalmente, para voltar a vestir a camisa vermelha na próxima temporada da Premier League.

“Estou fisicamente bem . Eu sou forte mentalmente. Como eu disse anteriormente, mentalmente, sinto que posso superar isso. Eu sou um cara forte

“Minha personalidade permanecerá exatamente a mesma. Não acho que isso afetará minhas performances. Vou superar isso muito rapidamente. Minha consciência está limpa. Eu sei a verdade.

“Não sinto que devo desculpas a ninguém”, afirmou. “Um pedido de desculpas é algo quando você fez algo errado. Eu me arrependo? Lamento estar em uma situação, pois obviamente a situação tornou isso difícil, e eu acredito que estou no maior clube do mundo, então lamento colocar os torcedores, o clube nisso. ”

O jogador da seleção inglesa revelou o desejo de desfrutar de umas férias normais em família, num destino que tanto afeiçoou, no final de uma temporada prolongada e exaustiva.

“Acho que poderia ter acontecido em qualquer lugar”, ele raciocinou. “Eu amo a Grécia. Acho que nós, jogadores de futebol, ficamos um pouco irritados por tentar ficar longe de tudo e dos olhos do público, mas não é assim que quero viver minha vida. ”

Harry foi condenado em um julgamento inicial relacionado a uma série de eventos, que começou com ele protegendo sua irmã durante um incidente em Mykonos. No entanto, a aceitação de seu recurso significa que o veredicto foi anulado e Harry é, mais uma vez, presumido inocente enquanto aguarda um novo julgamento em uma data posterior.

“Tenho muita fé na lei grega ”, disse ele. “E um novo julgamento nos dará mais tempo para nos preparar, reunir as evidências, permitir que testemunhas entrem no tribunal e estou realmente confiante de que a verdade será dita.”

Comentários