robertomancinishrug20130316_576x324

 

O treinador do lado azul sabe porque ele está 15 pontos atrás antes do Derby de Manchester – o medo que fez isso.

Roberto Mancini acusou os times da Premier League de ajudarem o Manchester United conquistar o 20º título da competição. O chefe do Manchester City, que irá até Old Trafford amanhã, diz que muitos times na Premier League deixaram ser derrotados, antes do confronto da sua equipe diante do United.

O United segue na ponta com 15 pontos de liderança para o City, com Mancini criticando os times de “amolecer” quando enfrentam o time de Sir Alex Ferguson.

“Ninguém joga bem contra o United pois eles jogam com medo.” Disse Mancini. “O United é forte porque são importante como um time, como um clube.” Completou.

“Todo time que joga contra o United amolece pois eles pensam que o jogo será difícil, por isso eles não conseguem vencê-los.”

“Não é verdade. Se você jogar forte contra o United, você pode vencê-los, assim como eles podem nos vencer.”

“Isso é normal, isso é futebol, isso é porque o United é um time forte já faz tempo. Para os outros times jogarem contra, isso é difícil.”

Ele foi perguntado porque os times não temem o City do mesmo jeito que temem o United, mesmo sendo os atuais campeões.

“Nós somos jovens como um time.” – Respondeu Mancini.

“Nós não temos a mesma importância que o United tem neste momento, talvez em 10 anos possa ser igual, a história é muito importante.”

“Eu acho que precisamos melhorar como um time, como um clube, mas para isso precisamos de mais alguns anos. Não podemos fazer isso em 2 anos.”

“Em 10 anos, caso melhoremos, caso vencermos todo ano, provavelmente poderá ser igual para gente.”

“Eu não acho que os times jogam 100% contra o United, mas a mentalidade deles é fraca nesses jogos.”

“Eles acham que não podem fazer nada, mas eu não acho que isso é verdade. Se você jogar com uma boa mentalidade, no futebol você pode vencer qualquer time.”

Mancini também culpa o City pela pouca investida em contratar jogadores que ele queria no verão passado, assim como o excesso em lesões e falta de objetivos.

O comandante do City sugeriu que seu time poderia ser o primeiro da Premier League e ainda estaria na Champions League se ele pudesse comprar os jogadores que estavam em sua mira.

“Sim, sim, 100 por cento. Provavelmente estaríamos no topo, poderíamos vencer o segundo título e provavelmente poderíamos estar nas quartas-de-final da Champions League.”

“Você quer um jogador, e talvez dois ou três times queiram o mesmo jogador, depois você pode contratar o jogador ou contratar outro jogador. Afinal, isso é difícil.”

“Nós tivemos a chance de contratar três ou quatro jogadores que poderiam melhorar nosso time, mas não conseguimos no final. Agora já está feito.”

“Ano passado nós jogamos muito bem porque nós marcamos muitos gols. Nós tivemos a melhor defesa, assim como esse ano, assim como dois anos atrás.”

“Mas esse ano a única diferença são os gols que não marcamos. Se tivéssemos marcado talvez uns 15 gols a mais, provavelmente estaríamos no topo da tabela.”

“Nós estamos perdendo gols importantes em jogos que merecemos ganhar – West Ham, Chelsea fora, Sunderland, Arsenal em casa.”

“Nós perdemos muitos pontos por não marcar gols suficientes. Essa é a diferença. Nós também tivemos várias lesões”.

Por Tiago Alexandre
www.mufcbr.com

Comentários