Na noite deste domingo (15), Turki Al-Shabanah, ministro da Mídia da Arábia Saudita confirmou que a notícia que circula na imprensa inglesa em que o príncipe herdeiro da Arábia Saudita Mohammad bin Salman fez uma proposta para os Glazers para comprar o Manchester United é completamente falsa.

A notícia que o príncipe Mohammad bin Salman deseja adquirir o Manchester United é completamente infundada. O fato é que o clube realizou uma reunião com o fundo de investimento público do país para discutir um projeto de patrocínio, e o fundo ouviu as propostas como qualquer outro, disse Turki Al-Shabanah.

O Ministério da Mídia tem um poder muito grande dentro da Arábia Saudita, a pasta tem a responsabilidade de regular os meios de comunicações do país e a comunicação da Arábia Saudita com outros países.

A notícia foi publicada pelo jornal The Sun, que logo ganhou repercussão no mundo e principalmente nas páginas dos torcedores do Manchester United no Brasil e no mundo. Na notícia, dizia que o príncipe teria oferecido £3,8 bilhões (Cerca de R$ 18,1 bilhões). Ainda segundo o The Sun, o príncipe tem uma fortuna de £850 bilhões (Aproximadamente R$ 4,06 trilhões). Os Glazers compraram o Manchester United por £790 milhões em 2005.

Comentários