david-moyes_2756432b

David Moyes finalmente se pronunciou após a sua demissão. Em um pronunciamento, Moyes disse que sabia o quanto difícil seria o desafio de comandar o Manchester United, mas agradeceu Sir Alex Ferguson por ter acreditado na sua capacidade.

Confira abaixo o pronunciamento de David Moyes.

Sem título

“Ter sido nomeado como treinador do Manchester United, um dos maiores clubes de futebol do mundo, foi e continua sendo algo de que eu sempre vou  incrivelmente me orgulhar.

Tomar esse cargo depois de um longo período de estabilidade contínua e sucesso no clube como foi, inevitavelmente, vai ser um desafio significativo, mas era um que eu adorava e nunca tive uma segunda reflexão sobre ter tomado essa decisão.

A escala de trabalho do gerente no United é imensa, mas nunca me afastei do trabalho duro e o mesmo se aplica à minha comissão técnica . Agradeço-lhes por sua dedicação e lealdade ao longo da última temporada.

Nós estávamos totalmente focados e comprometidos com o processo de reconstrução fundamental que é necessário para o time principal . Isso tinha que ser feito no fornecimento de resultados positivos na Barclays Premier League e na Champions League. No entanto, durante este período de transição, performances e os resultados não foram o que Manchester United e seus torcedores estão acostumados ou esperam, e eu compreendo e partilho a sua frustração.

Em pouco tempo no clube eu aprendi o quanto especiais Old Trafford e Carrington são. Gostaria de agradecer ao pessoal do United por me fazer sentir bem-vindo e parte da família do United desde o meu primeiro dia. E, claro, obrigado para os torcedores que me apoiaram durante toda a temporada. Eu quero que vocês e o clube tenham tudo de melhor para o futuro.

Eu sempre acreditei que um gestor nunca pára de aprender durante sua carreira e sei que vai levar experiência inestimável do meu tempo como gerente da United. Fico orgulhoso de ter liderado a equipe para as quartas de final deste ano da Champions League e continuo grato a Sir Alex Ferguson, por acreditar na minha capacidade e me dando a chance de gerenciar o Manchester United.”

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários