Notícias

Um dos grandes ídolos do Manchester United foi a imprensa criticar a fase do clube e também o jovem francês Anthony Martial.

Paul Scholes desde que se aposentou tem criado algumas polêmicas quando vai a Tv comentar jogos do Manchester United e após o empate sem gols contra o PSV, mas uma vez nosso ídolo fez duras criticas não só ao modo como o time tem jogado mas teve também um alvo em especifico, o jovem Martial foi duramente criticado por Scholes que diz preferir que o United vá ao mercado em janeiro com urgência para contratar um novo atacante que possa ser titular na sequência da temporada.

Segue as palavras de Paul Scholes: “Ele não parece incomodado quando desperdiça uma chance de marcar. Ele também não se altera se marca um gol. Como centroavante, você vive para marcar gols, tudo que você deve querer é marcar gols. Ele não me parece um desses atletas (decisivos), talvez o clube deva ir ao mercado em janeiro e contratar alguém desse tipo”

Anthony Martial chegou do Mônaco no último dia da janela por uma quantia de £ 36 milhões de libras, algo em torno de 200 milhões de reais e o United foi duramente criticado por pagar tanto em um jovem de apenas 19 anos e 15 gols na carreira para ser seu camisa 9, mas logo no seu primeiro jogo Martial calou a boca dos críticos marcando um gol no derby contra o Liverpool e no seu primeiro mês de Premier League foi escolhido o Player Of The Month de Setembro, mostrando uma rápida adaptação, Martial de lá pra cá tornou-se titular indiscutível no ataque Red Devil, marcando 5 gols em 15 partidas e também passou a ser titular da seleção francesa neste período.

Se Scholes tivesse dito que Martial não é um autêntico “9” até poderíamos relevar, mas criticar o atacante que mais tem criado chances de gols do Manchester United desde que chegou me parece um pouco estranho, no jogo de ontem Martial teve duas chances claras de gols, uma com a perna direita que foi defendida com os pés por Zoet, e na segunda uma chute forte com a esquerda mas espalmada para fora pelo goleiro do PSV, se não marcou não foi por falta de tentativas. Mas a pergunta que fica é porque não criticar Wayne Rooney que não deu um chute sequer ao gol? Ou Juan Mata que não armou uma boa jogada para Martial finalizar?

Comentários