Alexis Sánchez admitiu que está “mentalmente exausto”, já que o técnico do Chile confirmou que o jogador do Manchester United está lutando para se adaptar após sua transferência do Arsenal.

O atacante postou em sua página oficial no Instagram, antes do amistoso contra a seleção da Suécia, e revelou que ele estava sentindo mentalmente os efeitos de uma temporada longa e cansativa mentalmente.

No entanto, Sanchez optou por permanecer positivo sobre as coisas, pois ele escreveu que ele estava otimista e precisava continuar em sua busca para redescobrir sua melhor forma para o clube de Old Trafford.

O técnico Reinaldo Rueda do Chile disse: “Eu sei que você está cansado. Eu sei que você está psicologicamente e emocionalmente exausto. Mas você tem que sorrir e continuar”.
Reinaldo Rueda, revelou que o jogador de 29 anos chegou a pedir para não ser chamado pelo Chile nessa data FIFA, mas depois de uma conversa resolveu voltar atrás.

Sanchez se juntou aos Diabos Vermelhos na janela de janeiro como parte de um acordo de troca envolvendo Henrikh Mkhitaryan, mas até agora não conseguiu se adaptar à vida no noroeste da Inglaterra e provar que sua contratação valeu a pena.

O ex-jogador da Udinese e do Barcelona recebeu críticas dos torcedores do United por suas exibições – que encantaram os torcedores do Arsenal em igual medida – e Rueda colocou a falta de melhor forma na temporada de inverno de Sanchez.
Ele disse (via Metro): “É uma transição difícil ir do Arsenal ao Manchester United. Ele está triste porque quer mostrar o seu nível. Felizmente ele chegou com uma grande disposição. Ele sabe que seus companheiros de equipe o amam e respeitam.”
“Em fevereiro, ele me pediu para ficar em seu clube, para se adaptar, mas sua paixão pela equipe nacional fez com que ele viesse para cá. Esperamos poder ajudá-lo.”
Sanchez conversou com a imprensa chilena na quinta-feira para admitir que sua transferência em janeiro – a primeira de sua carreira – teve um efeito sobre ele, mas prometeu retornar à forma que ele mostrou consistentemente no Emirates Stadium.

Comentários