Notícias

Torcedores do Manchester United estão planejando um protesto anti-glazer no Old Trafford. Os torcedores estão impacientes com a falta de contratações de peso e, principalmente, impacientes com os donos do clube: a família Glazer.

Com pouco mais de 10 dias até a janela de transferências se encerrar, o elenco de Louis van Gaal continua muito abaixo da qualidade que ele precisa para dispustar títulos na atual temporada.

O diretor-executivo do clube, Ed Woodward, fechou nesta terça a contratação do argentino Marco Rojo, e ainda espera concluir um acordo com Angel Di Maria. A diretoria também visa o holandês Daley Blind.

A fúria dos torcedores se deve porque o clube teve tempo para fechar com jogadores durante a Copa do Mundo, como foi prometido, porém, não cumprido.

Cada vez mais o número de adeptos ao protesto cresce, e os idealizadores esperam que o clube contrate jogadores, caso contrário, planejam fazer o protesto em Old Trafford, quando o United enfrenta o QPR, no dia 14 de setembro.

Esse será o primeiro jogo em casa após o término da janela de transferências, e os torcedores já preparam a campanha “Green and Gold”, que é uma característica “anti-Glazer”, que voltou em 2010.

Nas redes sociais do clube, milhões de torcedores usam mensagens como #GlazerOut, e isso vêm preocupando os diretores.

Sean Bones, integrante da torcida “Manchester United Supporters Trust”, disse:

“Torcedores do United do mundo inteiro têm inundado as redes sociais do clube com mensagens de repúdio à família Glazer. É óbvio que é algo que preocupa os patrocinadores atuais que investiram muita grana na marca que é o Manchester United.”

Devido à pressão, a diretoria tenta se mexer para contratar nomes de peso para Louis van Gaal. A janela de transferências se encerra em duas semanas, e os torcedores do clube esperam que o United consiga contratar alguns jogadores de classe, caso contrário, o protesto irá ocorrer.

Por Raphael Wellerson
www.mufcbr.com

Comentários