article-0-1AE7C2B2000005DC-663_634x387

O Manchester United quer restaurar as palavras ‘Football Club’ (Futebol Clube) de volta para o clube após 15 anos, na esperança de afastar a imagem de que os Glazers estão apenas interessados na parte de negócios do United ao invés de sua história como uma das maiores instituições esportivas da Inglaterra.

O dono Joel Glazer que está por trás dos planos de mudar o distintivo novamente após retirar as referência de “futebol” em um re-design em 1998. O novo chefe executivo Ed Woodward confirmou que o United voltará a usar o emblema que foi usado sete anos antes dos Glazers comprarem o clube.

“Eu não gostei da mudança do emblema,” – disse Woodward.

“Joel não gostou da mudança. Iremos olhar e pensar com cuidado sobre isso. Somos um Clube de Futebol, não uma empresa de negócios.”

“Eu descrevi isso para toda nossa staff que somos um clube com 135 anos e é isso que você tem que lembrar. Somos um clube de futebol, um clube de capital C.”

“Junto a isso, será um negócio comercial que vai financiar a compra de vários jogadores daqui para frente e nós temos que ter o apoio de ambos.”

“Teremos que ter certificar-se de que eles se coexistem juntos, mas não causam impacto uns aos outros e que é onde estamos tentando equilibrar.”

Woodward insistiu que os Glazers não tem intenção de vender o United apesar da valorização do clube que ultrapassa £1 bilhão e os interesses de licitantes na China e no Qatar.

“Eles são donos de longo prazo, juntos com os outros acionistas,” – ele disse.

“Eles compraram o clube oito anos atrás e não haverá mudanças por muito, muitos anos.”

Por Tiago Alexandre
www.mufcbr.com

Comentários