O técnico holandês, Louis Van Gaal, falou abertamente sobre a saída do Manchester United em maio de 2016, quando foi substituído por José Mourinho.

Em entrevista ao jornal inglês “Mirror”, o ex-técnico acusou os Red Devils de “agirem pelas costas” e orquestrarem sua demissão “como num filme”.

“Foi a maior desilusão da minha vida. De repente os antigos jogadores começaram a dizer na mídia que estávamos jogando um futebol chato, e a saída de Mourinho (que estava no Chelsea) tornou tudo mais apelativo para que continuassem me criticando.

O clube nem mesmo discutiu isso comigo. Se eles chegassem e falassem sobre o plano, então eu poderia ter dito ‘Ok, vamos dar o máximo nos próximos seis meses, completar o compromisso que assumimos e depois Mourinho pode tomar conta de tudo.

Eles poderiam ter poupado o último ano do meu contrato, mas depois do que fizeram, fiz com que eles pagassem até o último centavo”, disse Van Gaal.

Comentários