Colunas

Gratidão, essa é a palavra que define tudo o que sinto por Wayne Rooney nesse momento em que ele decide encerrar sua carreira como jogador de futebol. Wazza foi simplesmente fantástico em sua passagem pelo United do início ao fim, deixando sua marca com gols, passes, golaços e muita garra dentro de campo para ajudar o clube a vencer jogos e campeonatos, por tudo que fez Rooney eu quero te agradecer.

Na minha concepção o que define um jogador ser ídolo ou não é o quanto ele dentro de campo consegue fazer para representar o torcedor na arquibancada, e pra mim o que Wazza fez em seus 13 anos de Manchester United foi exatamente isso. Ao ver Rooney jogando eu do outro lado do mundo o vendo em uma TV me sentia representado por aquele camisa 8 ou 10, e não importava o tamanho do jogo, do adversário ou de quem disputasse a bola com ele, Rooney sempre estava ali se empenhando ao máximo para conquistar a vitória.

 Em 13 anos no clube, Wayne Rooney colecionou taças, sendo 16 no total e como destaque podemos colocar as 5 vezes que levantou a taça da Premier League e em 2008 sagrou-se campeão da UEFA Champions League. Foram 559 jogos pelo United, sendo 253 gols e 145 assistências se tornando o maior artilheiro da história do maior clube da Inglaterra, ultrapassando os 249 de Sir Bobby Charlton, aquele gol do recorde contra o Stoke City de falta é um dos mais lembrados e comemorados pelos torcedores.

 

Imagem do momento exato do golaço de Rooney diante do Manchester City Fonte: Divulgação ManUtd

Já que começamos a falar de gol, temos aqui que relembrar alguns deles que são memoráveis com a camisa do Manchester United, sua estreia pelo clube na Champions League por exemplo é algo que nunca será esquecido, um Hat-trick contra o Fenerbahçe mostrando todo sua qualidade e potencia nos chutes logo de cara. Temos que destacar também aquele golaço de primeira contra o Newcastle, um dos seus grandes gols na carreira sem dúvidas. Falando em grandes gols, como não se lembrar do seu maior golaço da carreira no Derby de Manchester, aquele golaço de bicicleta diante do City é um dos gols mais repetidos quando se fala em golaço de bicicleta, ou golaço em clássicos. Os dois gols diante do Milan no jogo de ida da Champions League de 2007 numa das suas melhores atuações individuais deve ser destacado, mesmo que muitos lembrem daquele jogo como o jogo do Kaká destruindo o United no Old Trafford erroneamente, até porque o United venceu aquele jogo por 3 a 2.

Rooney indo comemorar em frente os scousers foi uma das comemorações mais épicas

Já que é pra falar de grande atuação, não podemos deixar de citar aquela virada histórica do Manchester United que saiu perdendo por 2 a 0 em Old Trafford e com uma atuação magistral de Wayne Rooney o time conseguiu uma virada histórica de 5 a 2, sendo que Rooney fez 2 gols e participou diretamente dos outros 3 gols, dois marcados por Cristiano Ronaldo e 1 de Dimitar Berbatov. Mas como torcedor do United você vai querer sempre lembrar de uma grande atuação diante do maior rival, e que tal o dia que ele marcou contra o Liverpool em Anfield na vitória por 1 a 0 e foi comemorar em frente a torcida rival, um lance verdadeiramente épico de Wazza ainda muito jovem naquela época.

Para finalizar esse texto nós temos que falar de sua garra, força e dedicação pelo clube, durante seus 13 anos no United foram diversos o momentos em que nós torcedores nos sentíamos representados por Rooney dentro de campo, era o tipo de jogador que buscava sempre o gol e mesmo quando acertado por algum adversário se esforçava muito para seguir a jogada, lembro-me de um gol contra o Tottenham aos trancos e barrancos mas não desistindo por exemplo, mas quando falamos no Wazza com raiva e louco para vencer uma dividida, o lance que não sai da nossa cabeça é a disputa de bola ao chão contra o Hull City onde ele estava com raiva da decisão do juiz e acabou colocando toda sua força na dividida, acertando o adversário nessa disputa, levou o amarelo mas creio que Rooney conseguiu ali descarregar tudo o que tinha para poder acordar o time que vencia por 4 a 1 mas havia levado dois gols nos últimos 20 minutos de jogo e poderia sucumbir, então Wazza levou aquele amarelo e foi o bastante para que o time confirmasse a vitória por 3 a 2, definitivamente ele era esse tipo de jogador, que representava a nós torcedores e não é atoa que eu falo, Wayne Rooney foi o maior jogador do Manchester United da minha geração, obrigado por tudo Wazza.

Comentários