Competições

» O JOGO

Em seu terceiro amistoso de pré-temporada, Manchester United voltou aos seus domínios e recebeu nesta quarta-feira (28), em Old Trafford, a equipe do Brentford, time que volta a primeira divisão do futebol inglês nesta temporada após longos 74 anos em divisões inferiores. Com o apoio dos mais de 30 mil torcedores presentes, os Red Devils foram ao ataque bem cedo e Lingard arrisca chute de fora da área com apenas um minuto de jogo. Raya defende sem dificuldades a finalização e fica com a bola.

United continuou pressionado o Brentford em seu campo, até que aos 12 minutos Wan-Bissaka recebe passe de Andreas Pereira pela direita e cruza para área, encontrando Elanga na marca do pênalti que, quase que de voleio, finaliza muito bem e faze um belo gol para abrir o placar em Old Trafford, levando a torcida a festa. Após o gol, os donos da casa permaneceram com bastante intensidade e não deixavam o time do Brentford respirar no jogo. Trocando muitos passes no campo adversário, os Red Devils conseguiram chegar na área, mas sem grande perigo.

O que parecia improvável dentro da partida aconteceu aos 20 minutos de jogo: A defesa corta cruzamento, mas acaba mandando para o meio da área, em bate-rebate, Ivan Toney ganha no alto e manda para trás, Shandon Baptiste avança na bola e acerta um chutaço que pega efeito no caminho, Tom Heaton salta mas não alcança a bola que vai direto no ângulo do gol, assim deixando tudo igual no jogo na primeira finalização da equipe visitante no duelo. Mesmo com o gol levado, United não se abalou e permaneceu melhor no confronto, apesar do gol sofrido, a defesa permaneceu segura.

» SEGUNDO TEMPO

Na volta para a segunda etapa, Ole Gunnar Solskjær realizou apenas uma substituição, colocou Diogo Dalot no lugar de Williams. E logo aos 50 minutos o Manchester United faz o segundo dele, e mais um golaço dentro da partida. Lingard vem carregando pela esquerda e bate novamente de fora da área. Raya faz a defesa espalmando para o alto, a zaga corta para frente, Andreas Pereira aparece e, sem deixar, acerta na veia da bola e manda um balaço pro gol. Ela ainda bate no travessão antes de ir para o fundo da rede, sem chances para o goleiro.

Aos 63 minutos Solskjær começa a rodar o elenco, tira Andreas Pereira, Mata, Elanga para as entradas de James Garner, Pellistri e Daniel James. O jogo ficou morno após o segundo gol do United, a agressividade que se viu em boa parte do primeiro tempo não se encontrava mais em campo. Brentford também não fazia boa partida, difícil enumerar as vezes que levou perigo ao gol de Tom Heaton depois do chute de rara felicidade de Shandon Baptiste.

Nas suas últimas alterações, Solskjær substituiu Lingard, Matic e Greenwood e pôs em suas vagas Van de Beek, Mejbri e Shoretire na marca dos 76 minutos. Chegando próximo da reta final, Brentford consegue empatar novamente a partida. Diogo Dalot erra na cobertura, leva lançamentos nas costas e perde a disputa pela bola. Mbeumo fica bom ela, carrega e bate no canto do gol para deixar tudo igual de novo em Old Trafford.

Detalhes

Escalações

Manchester United: Heaton, Wan-Bissaka, Mengi, Tuanzebe, Williams (Dalot 46’), Matić (Mejbri 76’), Andreas (Garner 63’), Lingard (Van de Beek 76’), Mata (Pellistri 63’), Elanga (James 63’), Greenwood (Shoretire 76’)

Brentford: Raya, Roerslev (Stevens 76’), Goode (Racic 77’), Pinnock (Sorensen 63’), Thompson (Gordon 77’), Janelt (Peart-Harris 76’), Baptiste (Valecia 76’), Haygarth (Onyeka 63’), Canos (Dervisoglu 76’), Fosu (Mbeumo 63’), Toney (Forss 76’)

Gols

Manchester United: Elanga (12’) e Andreas Pereira (50’)

Brentford: Baptiste (20’) e Mbeumo (78’)

Comentários