Competições

» O JOGO

Precisando de um apenas um ponto para se classificar para as oitavas de final da Champions League, o Manchester United foi até a Alemanha enfrentar o RB Leipzig. Apesar dos importantes desfalques, a equipe red devil foi para campo com um bom esquema. Precisando da vitória e querendo apagar a imagem dos 5 gols sofridos no primeiro confronto, os donos da casa abriram o placar no primeiro minuto, Sabitzer cruzou pelo lado direito, a bola chegou livre para o Angeliño que chutou cruzado sem chance para o De Gea. Com dificuldades para atacar, o United só conseguiu chegar ao ataque aos 8 minutos, Greenwood recebeu passe no meio, avançou e entrou na área, mas o chute não foi dos melhores e o Gulacsi defendeu sem problema.

Muito bem ofensivamente, a equipe alemã chegou ao segundo gol, que em dia inspirado do Angeliño, recebendo na esquerda e cruzou para Haidara chutar forte e ampliar o placar aos 13 minutos. Superior em campo, o Leipzig poderia ter ampliado aos 16 minutos, Angeliño recebeu na esquerda e deu passe para o Forsberg, que recebeu livre e de bico finalizou muito próximo a trave esquerda. A equipe red devil não encontrava espaços e não conseguia impor seu jogo, enquanto que a equipe mandante se mantinha superior e sempre chegava com perigo no ataque, conseguiram marcar o terceiro gol aos 30 minutos, quando o Orban aproveitou a bola batida na trave para marcar, mas o VAR reviu o lance e identificou o impedimento.

Conseguindo recuperar a bola no ataque, o United voltou a pressionar aos 32 minutos, Rashford recebeu passe do Bruno Fernandes, mas dentro da área teve o chute bloqueado pela defesa, em lance que poderia ter passado a bola para o Greenwood livre no lance. Com o recuo das linhas do adversário, o United conseguiu pressionar mais um pouco nos minutos finais, apostando nas bolas áreas, mas com pouca atuação pelo meio, principalmente pela falta de espaço.

» SEGUNDO TEMPO

Agora precisando fazer o resultado, o United voltou com uma mudança para segunda etapa, van de Beek entrou no lugar do Alex Telles. Apesar da necessidade de buscar igualar o resultado, o United só conseguiu criar sua primeira jogada ofensiva aos 54 minutos, Bruno Fernandes cobrou falta para dentro da área, mas que passou por todo mundo. Sem finalizar, o Aos 65 minutos, o Bruno Fernandes arriscou de fora da área, a bola foi no canto direito do Gulacsi, que afastou o perigo. Dois minutos depois o português voltou a oferecer perigo para o goleiro adversário, acertando o travessão em cobrança de falta. Mesmo pressionado, o Leipzig chegou ao terceiro gol aos 68 minutos, Angeliño cruzou, Maguire vacilou no lance e a bola ficou livre para o Kluivert tirar do De Gea e ampliar ainda mais o placar.

Quando decidiu atacar e finalizar, o United criou boas oportunidades, mas parou em boas defesas do Gulacsi em finalizações do McTominay, Greenwood e do Bruno Fernandes. O United foi para o tudo ou nada e se lançou ao ataque quando o resultado estava muito a favor do adversário. Em lance polêmio aos 78 minutos, Greenwood ganhou a disputa contra o Konaté, invadiu a área e foi derrubado dentro da área, o árbitro marcou pênalti , que o Bruno Fernandes aproveitou para diminuir a desvantagem no placar cobrando no lado direito do Gulacsi, que pulou para o lado contrário.

O United chegou ao segundo gol aos 82 minutos, após cobrança de escanteio, Pogba subiu de cabeça, a bola desviou no Maguire e na zaga antes de balançar a rede. Pelo o que apresentou nas últimas partidas, o empate parecia muito próximo de acontecer, a equipe seguiu buscando e pressionando, Rashford arriscou o chute de longe, mas parou na defesa do Gulasci, contudo a chance mais clara aconteceu quando Pogba cruzou rasteiro, Mukiele tentou afastar, mas só não marcou contra pois a bola bateu no pé do Gulacsi. No último lance, Rashford errou o domínio dentro da área e o árbitro apitou o final da partida, que marcou a eliminação da equipe que precisava marcar 1 em 6 pontos, mas não conseguiu e agora jogará a Europa League.

Detalhes

Escalações

RB Leipzig: Gulacsi, Mukiele, Konaté, Orban, Angeliño (Haltersberg 86′); Haidara, Sabitzer, Kampl (Adams 74′); Nkunku, Forsberg (Poulsen 55′) e Olmo (Kluivert 55′)

Manchester United: De Gea, Wan-Bissaka, Lindelöf (Tuanzebe 77′), Maguire, Shaw (Williams 60′); McTominay, Matic (Pogba 60′); Greenwood, Telles (van de Beek 45′), Bruno Fernandes e Rashford

Gols

RB Leipzig: Angeliño (1′), Haidara (13′) e Kluivert (68′)

Manchester United: Bruno Fernandes (79′), Maguire (82′)

Cartões Amarelos

RB Leipzig: Mukiele (31′), Sabitzer (34′), Kluivert (61′) e Adams (80′)

Manchester United: Bruno Fernandes (4′), Shaw (42′), Maguire (62′), Williams (67′) e Lindelöf (76′)

Comentários