Competições

» O JOGO

Com a boa vantagem conquistada no confronta de ida na Espanha, o Manchester United recebeu nesta quinta-feira, em Old Trafford, a equipe do Granada no jogo de ida para confirmar a classificação à semifinal da Europa League. Tendo desfalques em seu time, Solskjær aproveitou para dá oportunidades à alguns jogadores mostrarem serviço. Logo no início, Cavani desperdiça boa oportunidade para os Reds, no contra-ataque, o mesmo recebe pelo lado direito do campo, pegando a defesa adversária fragilizada, fica apenas um defensor entre ele e Greenwood (que vinha chegando à área), ao tocar para seu companheiro de ataque, o uruguaio adianta muito a bola, ficando fácil para Rui Costa sair e ficar com ela.

No minuto seguinte o camisa 7 se redimiu. Alex Telles, na esquerda, cruza para área encontrando Pogba, que cabeceia para trás, a bola sobra para Cavani que mesmo com espaço prefere bater de primeira, ele pega bem na bola e acaba mandando no canto do gol de Rui Costa, que ficou imóvel. United ampliava o placar agregado logo aos 6 minutos de partida, deixando ainda mais encaminhada a classificação para a próxima fase. O jogo foi ficando tranquilo para os Red Devils, os mesmos não fizeram grandes investidas ao ataque após terem feito o gol, só trouxeram certo perigo com o chute de Bruno Fernandes aos 34 minutos, depois do lançamento de Matic, o português pegou de primeira na bola, o tapa até foi bonito, mas subindo muito e passando por cima do gol.

Após o ótimo começo no duelo, o Manchester United fez uma partida bastante burocrática, chegando a estar com cerca de 70% de posse de bola, os comandados de Solskjær trabalhavam esse domínio com o maior número de jogadores possíveis à área do Granada, mas as trocas de passes não conseguiam ser objetivas a ponto de chegarem a ameaçar um segundo gol. No lado adversário, o time espanhol não levou se quer perigo para as redes de De Gea, foram apenas 5 finalizações e nenhuma delas acertou o gol do arqueiro.

» SEGUNDO TEMPO

Na volta para a segunda etapa, Solskjær fez uma alteração pontual, Pogba que estava amarelado saiu para a entrada de Van de Beek. O holandês foi bem logo em sua primeira participação, ele recebe pela direita e vê Greenwood adentrando na área, o meia cruza para ele mas o jovem atacante acaba cabeceando fraco, deixando a bola nas mãos do goleiro do Granada. United chegou com perigo novamente na marca dos 56 minutos, após troca de passes próximo da área, a bola fica com Bruno Fernandes, que como se fosse com as mãos, lança para Cavani dentro da área, ao tentar cabecear a bola acaba batendo no ombro do atacante uruguaio desperdiçando boa chance para os Reds de aumentar o placar.

Na jogada de ataque seguinte dos Red Devils, Van de Beek por pouco não mais o segundo. Wan-Bissaka recupera a bola no carrinho, passa para Greenwood, o mesmo acelera e antes de entra na área ele se enrola, a bola acaba ficando sem dono e Van de Beek, que vinha por trás, finaliza rasteiro, a bola passa perto da trava, mais uma chance de perigo do time inglês. Houve nova alteração no time do United aos 60 minutos, Cavani, autor do gol, saiu de campo para a entrada de Daniel James. Tirando o centroavante, Solskjær trocou Greenwood de posição, trazendo o jovem atacante para jogar centralizado.

Granada fazia uma segunda etapa melhor, conseguia chegar á área do Manchester bem mais vezes e com certo perigo às vezes, coisa que não havia feito no primeiro tempo do jogo. Em um curto tempo de diferença, houveram novas mexidas no lado dos Reds, saíram Bruno Fernandes, Greenwood e Wan-Bissaka para as entradas de Mata, Diallo e Williams. Granada deu um susto aos 86 minutos, Víctor Díaz lança um balaço de fora da área para o gol de De Gea, o goleiro foi muito bem nela, segurou firme sem dá rebote. Já no apagar das luzes, aos 90 minutos, Alex Telles cruza para área, Mata vai na bola mas não à alcança, ao passar pelo meia a bola acaba batendo no defensor do Granada, e o mesmo manda a bola para o seu próprio gol, assim, fazendo o segundo do Manchester United em Old Trafford.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea; Wan-Bissaka (Williams 83’), Lindelöf, Tuanzebe, Alex Telles; Pogba (Van de Beek 46’), Fred, Matić, Bruno Fernandes (Mata 73’); Greenwood (Diallo 82’) e Cavani (James 60’)

Granada: Rui Silva; Vallejo, Sánchez (Perez 82’), Neva (Diaz 75’), Foulquier; Gonalons (Molina 32′), Herrera, Machís, Montoro; Kenedy (Puertas 46’) e Soldado (Suárez 46’)

Gols

Manchester United: Cavani (6’) e Vallejo (90’) (GC)

Cartões Amarelos

Manchester United: Pogba (17’)

Granada: Soldado (19’), Sánchez (61’), Neva (74’) e Montora (74′)

Comentários