No jogo mil de Sir Alex Ferguson como treinador do Manchester United ,o Southampton deu muito trabalho e muita emoção para os diabos vermelhos que conseguiram uma vitória heroica por 3X2, fora de casa, graças a Van Persie. O holandês deu muita emoção ao jogo, quando o United perdia por 2X1, Van Persie perdeu pênalti tentando fazer de cavadinha, mas ele guardou o show para o final.

Southampton no 4-2-3-1, Prowse e Schneiderlin de volantes bem recuados ,linha de três no meio com Davis na direita, Puncheon no meio e Lallana na esquerda, na frente Lambert. Na linha de três do meio campo do Southampton teve variações o jogo inteiro.

Manchester United se armava no 4-2-2-2/4-4-2 sem a bola, Carrick e Cleverley de volantes, Valencia na esquerda e Kagawa na direita, na frente o mais novo “matador” dos Red Devils, Van Persie e Welbeck, ambos apertando a saída de bola dos donos da casa.

Com a bola, a equipe de Sir Alex Ferguson jogava no 4-2-3-1, Carrick e Cleverley de volantes, Valencia na direita, Kagawa no meio e Van Persie na esquerda, Welbeck na frente pressionando os zagueiros na saída de bola também.com variações entre os dois.

Primeiros 10 minuto de jogo, domínio total dos diabos vermelhos no jogo, mas sem nenhuma chance perigosa de gol. Southampton jogava no contra ataque, esperando um erro do United para tentar sair na frente.

Mesmo com domínio total do United no jogo, quem saiu na frente foi os donos da casa. Quando aos 16 minutos, Cleverley perdeu a bola para Puncheon, que cruzou para o capitão Lambert, que subiu mais que Rafael e marcou, 1X0 Southampton.

Aos 23 minutos, Valencia deu ótimo cruzamento para Van Persie, que com categoria dominou com o peito e mandou um foguete no canto para empatar a partida, 1X1.

Dois minutos depois de ter tomado o empate, os donos da casa partiram pra cima com Lambert, que mandou um “foguete” de fora da área passando perto do gol de Lindegaard.

Segundo tempo para cardíaco 

O United voltou sem mudanças, porém mais agressivo, e aos 3 da etapa final, Kagawa fez ótima jogada individual e chutou com muito perigo,quase um golaço,o que seria o da virada no jogo para os diabos vermelhos.

Aos 9 da segunda etapa, Lambert arrancou, aproveitou o escorregão de Evra e cruzou na área para Schneiderlin marcar, 2X1 para os donos da casa. Com a vantagem do Southampton, Sir Alex Ferguson fez mudança dupla ,colocou Scholes no lugar de Cleverley, e Nani na vaga de Kagawa.

As mudanças mudaram a partida. Nani fez ótima jogada e tocou para Van Persie que invadiu a área e foi derrubado, pênalti claro para o United. O holandês foi pra bola, deu uma cavadinha e Davis defendeu. Com o pênalti perdido, SAF decidiu mudar, novamente, sacando Welbeck para entrada de Chicharito Hernández.

O empate veio com sufoco, quando Rafael fez ótima jogada, cruzou na área para Ferdinand que cabeceou na trave, no rebote Van Persie mandou para rede, 2X2.

Quando o empate parecia ser o resultado final da partida, Van Persie se redimiu do pênalti perdido, marcou seu primeiro hat-trick com a camisa do Manchester United, fez seu centésimo gol na Premier League e garantiu os três para o Manchester United. Após cobrança de escanteio de Nani, que mandou a bola na cabeça de Van Persie, para o holandês fazer história com a camisa do Manchester United, com um gol aos 46 minutos, virando a partida e marcando seu centésimo gol na Premier League.

Na próxima rodada,o United tenta manter o embalo jogando em sua casa diante do Wigan no sábado às 11:00. Já o Southampton tenta somar seus primeiros pontos diante do Arsenal,jogando em Londres no domingo às 11:00.

 Detalhes da Partida 

Escalação: De Gea, Rafael, Carrick, Vidic, Evra, Valencia, Cleverley, Anderson (Giggs ’81), Kagawa (Rooney ’68), Young (Welbeck ’68) e Van Persie

Gols:  
Manchester United: Van Persie 23′, 87′ e 92′
Southampton: Lambert 16′ e Schneiderlin 55′

Cartões Amarelo: Jos Hooiveld (Southampton)

Por Léo Oliveira
www.mufc.com.br

Comentários