Competições

» O JOGO

A partida foi iniciada e quem partiu para o ataque foi a equipe da casa, logo no primeiro minuto, Schurrle avançou pela direita e cruzou na medida para Vietto, que chutou de primeira, mas mandou para longe do gol. Aproveitando o melhor momento em campo, o Fulham seguiu pressionando e aos 3 minutos, Schürrle aproveitou o corte da zaga do United e chutou de fora da área, mandando a bola para fora.

O United tinha dificuldade em chegar ao ataque e certo momento teve menos posse de bola, contudo quando conseguiu chegar ataque, abriu o placar aos 13 minutos, após Le Marchand perder a disputa na entrada a área, Herrera deu passe para Martial, que acionou Pogba no lado esquerdo do ataque, o camisa 6 tentou cruzar e mandou direto no gol.

Com o gol sofrido, o Fulham avançou suas linhas, numa tentativa de pressionar o United e manter a bola no ataque, entretanto acabou abrindo espaços na sua defesa e isso foi crucial para os comandados do Solksjaer ampliarem a vantagem aos 22 minutos, Herrera recuperou a bola na zona de defesa e deu passe para Martial, o francês avançou em velocidade, se livrou de dois marcadores e chutou na saída de Rico.

Após o segundo gol red devil, a partida teve que uma queda de ritmo, principalmente pelo fato do Fulham ter recuado e do United ter passado a administrar o resultado favorável, nos minutos finais a melhor oportunidade surgiu dos pés do Phil Jones, aos 40 minutos. Após cobrança de escanteio a bola, a zaga do Fulham teve dificuldade para sair jogando e a bola sobrou com o zagueiro que chutou da entrada, levando perigo ao goleiro Rico.

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou com muita movimentação, mas com nenhuma finalização. O Fulham focou seu jogo em cruzamentos, na tentativa de que Mitrovic pudesse diminuir a desvantagem, o que se mostrou pouco eficiente, enquanto que o United passou a trocar passes e buscar chegar ao ataque com jogadas em profundidade ou com velocidade pela pontas. O terceiro gol red devil surgiu aos 63 minutos, Mata foi derrubado dentro da área, Pogba foi para cobrança e converteu.

O terceiro gol do United, deixou o Fulham sem ter o que fazer além de se fechar e esperar a partida terminar, uma vez que avançar suas linhas poderiam abrir espaços na sua defesa e permitir que o United pudesse atacar com perigo. Os diabos vermelhos diminuíram o ritmo, pois além do placar favorável, o time enfrentará o PSG na terça-feira, pela Champions League. O United voltou a oferecer perigo aos 73 minutos, Sánchez recuperou a bola na entrada da área e chutou forte, mas Rico fez grande defesa.

Com um ritmo menor, a partida foi ficando menos atrativa. O Fulham fechado e esperando o fim da partida, enquanto que o red devils trocando passes para garantir a vitória. Contudo, quando a partida parecia que não teria nada de interessante, Bryan cruzou e Mitrovic desviou de cabeça, a bola não entrou, mas sobrou para Babel que acertou a trave, perdendo um gol incrível aos 76 minutos. Após isso a partida não mudou e o United garantiu a décima vitória em 11 jogos, sob o comando de Solksjaer.

Detalhes

Escalações

Fulham: Rico, Odoi, Le Marchand, Ream, Bryan (Sessegnon 80′), Chambers, Seri, Schürrle (Christie 53′), Vietto, Babel (Cairney 77′) e Mitrovic

Manchester United: De Gea; Dalot, Jones, Smalling, Shaw; Herrera (Bailly 85′), Matic, Pogba (McTominay 74′); Mata, Lukaku e Martial (Sanchez 69′)

Gols

Manchester United: Pogba (13′ e 63′) e Martial (22′)

Cartões Amarelos

Fulham: Bryan (25′), Chambers (38′) e Mitrovic (90′)
Manchester United: Matic (43′) e De Gea (90′)

Comentários