article-2302333-190809B9000005DC-715_634x455

Pré-Jogo

Após o empate em Old Trafford, o Manchester United teve que ir a Londres jogar o ‘replay’ contra o Chelsea. Em disputa, a vaga para as semifinais da FA Cup. Quem passasse enfrentaria Manchester City na próxima fase.

A primeira surpresa, onde estava Wayne Rooney?! A justificativa de SAF foi que ele está com uma lesão na virilha, mas que ele estará pronto para o Derby de Manchester na próxima segunda. Válido pela Premier League.

Primeiro Tempo

O jogo começou equilibrado, com um leve predomínio do Chelsea que tocava a bola de um lado para o outro e o United esperando em seu campo.

Nos 10 primeiros minutos, as duas equipes tentaram chegar na área adversária com a troca de passes, mas nenhuma equipe chegou a chutar em gol.

A partir dos 12’ o Chelsea já começou a ficar mais tempo com a bola, girava, trocava passes, buscava a penetração. A defesa do Manchester United estava muito bem postada, mas o contra-ataque saia sem qualidade, com muitos erros de passes.

A partir dos 23’ o United se lançou mais ao ataque, mas sem contundência. Aos 25’ Cleverley que andou sumido da partida, recebeu a bola dentro da área, cruzou para o meio, mas a zaga azul cortou. Uma das coisas que chamou atenção na primeira etapa foi que Nani errou muitos passes.

Aos 27’ Nani bateu falta para a área e Cech saiu de soco e o Chelsea partiu no contra-ataque, mas não conseguiu nada.

E foram 30’ sem finalizações. O a primeira foi do Chelsea, Hazard entrou na área, rolou para Demba Ba que estava livre, ele chutou e De Gea fez a defesa com o pé esquerdo.

Depois dessa finalização, o Chelsea voltou a querer as rédeas da partida. Aos 33’ David Luiz cobrou falta direta para o gol, mas a bola passou por cima do gol de De Gea. Aos 36’ Hazard lutou contra Valencia e arrancou um escanteio, na sequencia do lance a bola sobrou para Ramires que arriscou de fora da área mas De Gea ficou com ela fácil.

O Manchester United finalizou pela primeira vez somente aos 37’. Nani partiu em contra-ataque, arriscou de fora da área, mas a bola passou a esquerda de Cech.

Aos 38’ Hazard tabelou com Oscar e chutou, mas a bola foi por cima do gol do United.

Aos 40’ Mata cobrou falta para dentro da área, De Gea saiu e ficou com ela, o goleiro do United fez uma ótima reposição de bola, lançou para Chicharito que dominou e arriscou de fora da área, a bola pegou um efeito e Cech fez a defesa com o pé direito.

O jogo começou a esquentar, as duas equipes foram chegando mais perto do gol. Mas nenhuma equipe conseguiu tirar o zero do placar. E o primeiro tempo terminou 0x0 com o resultado levando, até então, a prorrogação.

Segundo Tempo

A Segunda etapa começou como o primeiro terminou muito movimentado. Aos 47’ Bertrand levantou a bola na área, Demba Ba deu um leve desvio mas De Gea ficou com ela.

O inevitável aconteceu. Aos 48’ Mata lançou Demba Ba na área, ele se esticou todinho, tocou de biquinho de chuteira só para tirar de De Gea que ficou apenas espiando a bola morrer na rede. 1×0 para o Chelsea, para a alegria dos blues em Stamford Bridge.

O Manchester United sentiu o gol, a defesa continuava bem postada, mas não saia para o contra-ataque. O Chelsea percebendo isso colocava total pressão no United, e na base do abafa criou algumas chances para marcar o segundo gol, mas não conseguiu aumentar a vantagem.

Aos 60’ Welbeck cruzou para Chicharito sozinho na área, ele errou a cabeçada, a bola bateu em seu ombro e Cech fez uma grande defesa com a ponta dos dedos.

Aos 62’ Hazard serviu Mata na área, ele abriu espaço chutou, mas De Gea fez a defesa.

A partida continuava pegando fogo, Chelsea com domínio total, e o United partindo ao ataque, mas sem criar grandes chances, ficou difícil encontrar o empate. Aos 65’ Carrick recebeu a bola, abriu espaço, mas chutou para fora.

Aos 67’ Carrick deu passe errado, Hazard ficou com ela, arrancou, entrou na área, mas cara-a-cara com De Gea, chutou para fora.

O United continuava querendo ir ao ataque, mas nada dava certo para o time Mancuniano, apesar da maior posse de bola, os Red Devils erravam muitos passes.

Aos 72’ Chelsea trocou passes na entrada da área, a bola foi rolada para Ramires que arriscou de primeira, mas para fora.

Apesar das mudanças o United tinha pouca criatividade, van Persie foi pouco acionado.

Aos 74’ Valencia fez jogada individual, mas arrematou a esquerda do gol de Cech.

O Chelsea controlava a partida subindo ao ataque uma vez ou outra, aos 77’ Mata arriscou, mas fora do alvo. O United ia ao ataque esquecendo toda a tática, mas não encontrava espaço e seu meio-campo não criava nada.

Aos 80’ Mata recebeu livre na entrada da área, arriscou, mas novamente a bola foi fora do alvo. Aos 84’ mais uma troca de passes do Chelsea, Oscar recebeu e arrematou para fora.

Aos 87’ Evra recebeu na área, cruzou para a área e van Persie perdeu uma grande chance.

Aos 88’ o Chelsea trocou passes dentro da área, Mata arrematou fraquinho e De Gea ficou com ela.

Nos Acréscimos o United continuou indo pra cima, criou chances, mas não conseguiu o empate.

A partida terminou 1×0 para o Chelsea. E agora vai enfrentar o City nas semifinais. O United agora fica apenas na contagem regressiva para seu 20º título inglês.

 

Detalhes da Partida

Escalações

Manchester United:  De Gea, Jones, Smalling, Ferdinand, Evra, Valencia, Cleverley(van Persie 61’), Carrick, Nani(Giggs 64’), Welbeck(Young 79’), Chicharito.

Chelsea: Cech; Azpilicueta, Ivanovic, David Luiz, A. Cole(Bertrand 21’); Ramires, Mikel; Oscar(Moses (90+)), Mata, Hazard; Demba Ba(Torres (90+)).

Gols

Chelsea: Demba Ba (48’)

Cartões amarelos

Manchester United: Cleverley (53’)

Chelsea: Bertrand(59’), Azpilicueta(76’) Oscar (89’)

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários