Feminino

Pela primeira desde a sua criação em 2018, o Manchester United Women (equipe feminina do Manchester United), será a primeira vez que a equipe jogará no Old Trafford, no dia 27/03/2021 às 08:30 (Horário de Brasília). A partida contra o West Ham Women será válida pela 18º rodada da Women’s Super League. Aproveitando o momento histórico para equipe, resolvemos trazer um resumo sobre  a temporada da equipe, contudo paraentender a atual temporada, é preciso um resumo da temporada passada, a segunda temporada da equipe feminina e a primeira temporada da equipe disputando as competições mais importantes da Inglaterra.

Women’s Super League (Campeonato Inglês Feminino)

Reprodução: thefa.com

No campeonato nacional, a equipe red devil terminou na quarta colocação, com 7 vitórias, 2 empates e 5 derrotas, a equipe marcou 24 gols e sofreu 12. A competição não foi disputada até o final devido ao pandemia causada pelo coronavírus. A equipe terminou a competição 13 pontos atrás do Arsenal (3ª posição) e 16 pontos atrás do campeão Chelsea, que apesar de ter um ponto a menos que o Manchester City, ficou com o título por ter uma partida a menos, o que fez conquistar 2,60 pontos por partida, contra 2,50 do adversário. Por ser a primeira temporada disputado a principal competição da Inglaterra, o desempenho foi bom para uma equipe iniciante.

Women’s FA Cup (Copa da Inglaterra Feminina)

Na segunda competição mais importante, a equipe acabou sendo eliminada após ser derrotada por 3×2 pelo Manchester City, assim perdendo a chance de título. Jogando em casa, o United saiu atrás do placar aos 29 minutos e a desvantagem aumentou aos 56 minutos, ambos gols foram marcadas pela atacante White. O United diminuiu aos 69 com James e no minuto seguinte, o time red devil marcou um novo gol, contudo a arbitragem afirmou que a bola não cruzou a linha. O City voltou a aumentar a vantagem aos 76 minutos com Scott e o United chegou ao segundo gol aos 88 minutos, quando Hemp marcou contra.

Continental League Cup (Copa da Liga Feminina)

Na competição com equipe que disputam as primeiras divisões das competições nacionais da FA, o Manchester United avançou até as semifinais, eliminando: Manchester City, Everton, Leicester, Birmingham e Brighton. Na semifinal diante do Chelsea, a equipe red devil dominou a partida, mas sofreu um gol aos 72 minutos e não conseguiu balançar as redes adversárias.

Temporada 2020/2021

Quando a FA decidiu encerrar a Women’s Super League por causa da pandemia, o clube começou a planejar a nova temporada, era preciso fortalecer a equipe que buscava ter melhores resultados na temporada 2020/2021. A treinadora, Casey Stoney, disse em entrevista, ao site do clube, que começou a planejar a nova temporada assim que foi informada que o campeonato inglês seria encerrado.

» Deixaram o clube

Goleiras: Siobhan Chamberlain, Aurora Mikalsen e Fran Bentley *
Zagueira: Lotta Okvist *
Meio-campistas: Aimee Palmer e Mollie Green
Atacante: Lizzie Arnot

(*) Empréstimo para o Blackburn Rovers Ladies
(**) Saiu na metade da temporada

» Chegaram ao clube

Zagueira: Ona Battle e Maria Thorisdottir (*)
Meio-campista: Lucy Staniforth
Atacantes: Ivana Fuso, Alessia Russo, Tobin Heath e Christen Press

(*) Chegou na metade da temporada

Das chegadas, três chamaram atenção. Tobin Heath e Christen Press foram bicampeãs do mundo com a seleção norte americana, Heath ainda foi bicampã olímpica (2008 e 2012). Ivana Fuso nasceu na Alemanha, filha de mãe brasileira e pai italiano, passou pelas categorias de base da seleção alemã e que recentemente defendeu as cores da seleção brasileira.

Reprodução: fifa.com

Women’s Super League (Campeonato Inglês Feminino)

Com as mudanças no elenco, o Manchester United iniciou a temporada com um empate diante do Chelsea, pela primeira rodada da Women’s Super League (Campeonato Inglês), sendo um bom resultado, levando em conta que o adversário é o atual campeão inglês. Depois a equipe emendou 5 vitórias consecutivas, até o empate diante do Manchester City, depois foram mais 3 vitórias seguidas.

A equipe disputava a liderança com o Chelsea, que tinha disputado 1 partida a menos, contudo no segundo confronto entre United e Chelsea, a equipe londrina venceu por 2×1 em uma partida muito disputada. As red devils conseguiram se recuperar nas duas partidas seguintes, contudo perderam nas 14ª e 15ª rodadas, a última foi uma derrota por 3×0 no Derby de Manchester. A equipe venceu o Aston Villa e voltou a perder, agora para o Arsenal por 2×0.

As três derrotas nos últimos 4 jogos acabou deixando a equipe 9 pontos distante da liderança, ainda correndo o risco de perder a vaga para o play-off da Champions League. O que mantém as esperanças da briga pelo título o pelo menos de conseguir uma vaga para disputar o play-off da Liga dos Campeões é o fatos do Manchester United já ter vencido os 5 adversários na competição.

Women’s FA Cup (Copa da Inglaterra Feminina)

Reprodução: Manchester United via Getty Images

O Manchester United ainda irá descobrir qual equipe irá enfrentar na quarta fase eliminatória da competição, onde os times da FA Women’s Super League (1º divisão) e FA Women Championship (segunda divisão) começam a disputar. A partida do Manchester United será disputada no dia 18 de Abril.

Continental League Cup (Copa da Liga Feminina)

A competição teve o formato alterado para temporada 2020/2021, devido a pandemia do coronavírus, passando de 4 grupos com seis equipes para 6 grupos com quatro equipes (um grupo foi reduzido para 3 equipes, afim de suportar as 23 equipes). A quantidade de partidas também foi reduzida, passando de 5 para 3 partidas. Os líderes de cada grupo e os dois melhores segundos colocados avançariam para fase eliminatória.

O Manchester United ficou no grupo C, junto com Everton, Manchester City e Liverpool. O desempenho red devil foi muito abaixo do esperado, a equipe perdeu para o Liverpool na primeira rodada por 3×1, na segunda rodada empatou com o Manchester City por 0x0 e foi derrotado por 1×0 na última rodada diante do Everton, terminando a competição na última colocação do grupo e ficando fora da briga pelo título.

Destaques da temporada

Ella Toone é a artilheira da equipe com 7 gols marcados (6 na Women’s Super League e 1 na Continental League Cup), enquanto que Hayley Ladd é líder de assistências com 5 passes para gol. O desempenho da equipe caiu justamente quando uma série de lesões apareceu na equipe. Heath precisou ficar 10 semanas sem atuar devido a uma lesão no tornozelo, a atacante tinha uma média de 0,62 gol por jogo e havia sido eleita a jogadora do mês de novembro, na WSL. As atacantes Alessia Russo e Lauren James, além da meia Lucy Staniforth, se lesionaram em fevereiro, enquanto Leah Galton sofreu uma lesão no ligamento do tornozelo e só retornará em Abril.

Comentários