O Manchester que esperamos.

O passado deixa sombras. Lembramos bastante nesta temporada de ídolos das vitórias que nos marcaram. Alex Ferguson virou reza nos momentos de fraqueza de Loui van Gaal. Paul Scholes foi sonhado a cada desgraça ultrapassando nosso meio campo. Porém, apesar de icônicos e magistrais, eles também receberam sombras de outros grandes, e assim, vamos, sucessivamente…