Competições

» O JOGO

Após a surpreendente derrota contra o lanterna do grupo na Champions League, o United foi até o Goodison Park enfrentar o Everton, na tentativa de iniciar uma sequência de resultados positivos na Premier League. O time azul de Liverpool faz um ótimo início no campeonato nacional, enquanto que o United alterna entre vitórias e derrotas. O confronto começou com o United se impondo nos minutos iniciais, mas nada além de ter um pouco mais de posse de bola e manter a bola no campo adversário. O Everton por sua vez fazia um bom trabalho defensivo e não deixava o adversário jogar.

O Everton equilibrou e passou a pressionar um pouco mais, contudo seguindo com equilíbrio. O primeiro lance de perigo surgiu aos 15 minutos, quando Fred aproveitou a bola afastada pela zaga adversária em cobrança de escanteio e deu passe para Martial livre dentro da área, contudo a finalização do francês apenas passou próximo a trave esquerda. A resposta do Everton aconteceu aos 18 minutos, quando o placar foi aberto, Pickford fez um longo lançamento de dentro da área, Calvert-Lewin desviou de cabeça para o Bernard, que se livrou da marcação e chutou de fora na área no canto direito do De Gea, que não conseguiu alcançar a bola.

Quando o Everton poderia criar mais chances, aos 24 minutos aconteceu o empate red devil, em jogada iniciada pela esquerda, Luke Shaw cruzou pela esquerda e Bruno Fernandes livre cabeceou tirando qualquer chance do Pickford. A partida foi ficando mais empolgante, com bons lances como o que aconteceu aos 27 minutos, quando Digne recebeu no lado esquerdo, invadiu a área e arriscou o chute e acertou a trave. A virada red devil aconteceu aos 32 minutos, Fred deu passe para o Rashford, que deixou na esquerda para o Bruno Fernandes, o português cruzou e o camisa 10 red devil pulou, mas não desviou a bola que bateu na trave esquerda antes de parar no fundo das redes. Até o fim do primeiro tempo, a equipe mandante pouco conseguiu criar e o United apenas controlou o placar.

» SEGUNDO TEMPO

A partida reiniciou com a equipe mandante com mais posse de bola e chegando com certa frequência na área red devil, enquanto que o United encontrava dificuldades para fazer a ligação do meio com o ataque. As finalizações simplesmente não aconteciam, inclusive quando o United conseguiu controlar a possa de bola e a se manter um pouco mais no campo de ataque. Os lances de falta eram os mais interessantes, até a primeira finalização da segunda etapa aos 71 minutos, quando Rashford recebeu longo passe do Fred e saiu de frente para o Pickford, mas a finalização foi em cima do goleiro que defendeu sem problema.

Buscando o empate o Everton voltou a ter mais posse de bola e a buscar espaços pelos lados, porém os cruzamentos quando não eram cortados pelo Maguire, passavam por todos dentro da área. Procurando equilibrar as ações, Solskjaer colocou Pogba e Cavani nos lugares do Mata e do Martial, o que resultou em opções para cruzamentos e pouco controle da bola no ataque. O Everton conseguiu sua primeira finalização na segunda etapa apenas aos 90 minutos, quando Doucoré recebeu passe na entrada da área e arriscou o chute, que passou muito longe da meta defendida pelo De Gea.

Quando o placar aparentava estar definido, Maguire desaram uma jogada e Bruno Fernandes inicia um rápido contra-ataque aos 94 minutos, avança até a entrada de rola a bola para Cavani chutar de primeira e marcar seu primeiro gol com a camisa red devil. O gol foi o último lance da partida, que garantiu a quebra de 2 resultados ruins no início do campeonato Inglês.

Detalhes

Escalações

Everton: Pickford, Coleman, Holgate, Keane, Digne; Doucoré, Sigurdsson (Iwobi 65′), Alan; James Rodríguez (Tosun 79′), Bernard e Calvert-Lewin

Manchester United: De Gea, Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire, Shaw (Tuanzebe 66′); McTominay, Fred; Mata (Pogba 80′), Rashford, Bruno Fernandes e Martial (Cavani 81′)

Gols

Everton: Bernard (18′)

Manchester United: Bruno Fernandes (24′ e 32′) e Cavani (94′)

Cartões Amarelos

Everton: Holgate (33′), Allan (45’+3), Tosun (85′) e Doucoré (87′)

Manchester United: Fred (82′)

Comentários