Competições

» O JOGO

A vitória diante do Everton deu uma aliviada no tenso clima que ronda a equipe red devil, que ainda sem vencer em casa, na temporada, jogando pela Premier League, o United recebeu o West Brom pela oitava rodada da competição nacional. A equipe red devil não perdeu tempo e logo no primeiro minuto ficou muito perto de abrir o placar, Mata cruzou e o Martial subiu para cabecear com perigo, porém o Johnstone evitou o gol red devil. Com uma equipe tecnicamente melhor, o United controlava a partida, porém não conseguia criar e as finalizações não ocorriam.

Os visitantes jogavam com linhas recuadas e só iniciavam uma jogada ofensiva em contra-ataque. O United voltou a oferecer perigo aos 15 minutos, com uma grande e rápida jogada ofensiva, Rashford deu passe rasteiro dentro da área para o Bruno Fernandes, o português ajeitou para Martial chutar sem marcação, mas o chute não foi dos melhores e parou na grande defesa do Johnstone. Apesar de atuar de maneira recuada, o West Brom chegou com perigo aos 19 minutos, Matheus Pereira fez boa jogada pelo meio e deu passe para o Grant chutar cruzado, que apesar do desvio no Lindelof passou com perigo próximo a trave direita do De Gea.

A partida seguiu equilibrada com as duas equipes com muitas dificuldades para finalizar, o United arriscava muito com cruzamentos, mas sem oferecer perigo. A atuação red devil era muito ruim e não dava indícios de que poderia abrir o placar. o West Brow foi quem mais próximo ficou de marcar nos minutos finais, aos 41 minutos Bartley aproveitou a cobrança de escanteio e desviou de cabeça, passando próximo a travessão. O United seguia insistindo nos cruzamentos, mas seguia sem oferecer perigo e longe de abrir o placar.

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou bem movimentada, logo no primeiro minuto, Bruno Fernandes disputou a bola com Gallagher dentro da área, o jogador do West Bromwich caiu dentro da área e o árbitro marcou pênalti, o VAR checou o lance e o na revisão do lance a penalidade foi anulada. O United foi para o ataque e por muito pouco não marcou aos 48 minutos, quando Rashford arriscou o chute de fora da área, a bola foi em direação ao ângulo direito do Jonhstone, que afastou o perigo. O ex-goleiro red devil estava fazendo uma grande atuação diante da antiga equipe.

O United conseguiu abrir o placar aos 52 minutos, o árbitro marcou pênalti quando Mata tentou o levantamento na área e a bola foi interceptada pelas mãos do Furlong. Na cobrança o Bruno Fernandes chutou no lado esquerdo do Johnstone, que se adiantou e fez a defesa, o VAR viu o adiantamento e a cobrança foi refeita, agora com camisa 18 chutando no lado direito, abrindo o placar. Com mudanças no ataque, o West Brow quase empatou aos 64 minutos, com Robinson recebeu no lado direito e chutando colocado, a bola acertou o travessão do De Gea.

A vantagem dos comandados do Solskjaer poderia ter aumentado aos 66 minutos, quando Bruno Fernandes cruzou rasteiro para o Rashford, o camisa 10 chutou com muito perigo, mas parou na grande defesa do Jonhstone. Melhor ofensivamente, o United seguiu pressionando e criou uma nova oportunidade aos 70 minutos, com Maguire aproveitando a bola em cobrança de escanteio e finalizando no canto direito, mas o Jonhstone novamente evitou o gol red devil. O United controlou o jogo, mantendo a bola no campo de ataque e pressionando o adversário até o apito final, assim garantindo a primeira vitória do United jogando em casa pela Premier League.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea, Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire, Alex Telles; Matic, Fred (McTominay 82′); Mata (Cavani 61′), Rashford (van de Beek 79′), Bruno Fernandes e Martial

West Brom: Johnstone, Furlong, Ajayi, Bartley, Ivanovic (Krovinovic 78′), Townsend; Matheus Pereira, Sawyers, Gallagher, Diangana (Kanu 61′) e Grant (Robinson 61′)

Gol

Manchester United: Bruno Fernandes (55′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Cavani (90′)

West Brom: Gallagher (75′)

Comentários