Competições

» O JOGO

Com a classificação para a semifinal da Europa League conquistada durante a última semana, o Manchester United voltou seu foco para a Premier League em busca de diminuir a diferença de pontos para o rival City, e recebeu neste domingo (18) o time do Burnley em Old Trafford. Partida que também é importante para o adversário, que é a primeira equipe fora da zona de rebaixamento. Antes do primeiro minuto de jogo os visitantes já chegaram assustando, Lowton tenta um lançamento em profundidade para Chris Wood, o atacante ganha da marcação e aproveitou a saída errada de Henderson para cabecear pro gol vazio. Mas o gol é invalidado após o VAR ser acionado e sinalizar que o atacante estava adiantado no lance.

Pouco tempo se passou e foi a vez dos Red Devils levarem perigo ao campo adversário, Rashford com bela visão, vira o jogo para Wan-Bissaka, que percebe McTominay entrando na área, ele toca para o escocês que de primeira chega batendo ao gol, mas a zaga consegue bloquear e afastar a bola. Aos 9 minutos o United trabalha bem com a bola até que novamente Wan-Bissaka é acionado pelo lado direito, ele cruza para área encontrando Pogba, que depois de ganhar no alto cabeceia pro gol para a ótima defesa de Peacock-Farrell. O início da partida estava bastante movimentado, Wood novamente assusta com batida de fora da área, contudo Henderson defende com segurança, na sequência, em saída rápida ao ataque Rashford toca para Bruno Fernandes que vinha junto, ele chuta colocado mas acaba mandando para fora.

A equipe Red quase chegou a abrir o placar na marca dos 38 minutos, Bruno Fernandes viu Rashford pedindo a bola e o meia português atendeu o pedido, faz belíssimo lançamento à área e o camisa 10, de primeira, cruza para Greenwood que vinha entrando na pequena área, ele se joga na bola mas não consegue alcança-la e mandar pro gol que estava vazio. Os Clarets usavam bastante a bola aérea para criar suas chances de gol, e foi assim que de novo chegaram trazendo perigo ao gol do United aos 41 minutos, em falta cobrada para área, o jogador do adversário ganha no alto e a bola sobra com Wood que manda para fora, em seguida ele acaba se trombando com Henderson.

» SEGUNDO TEMPO

Na volta para segunda etapa, querendo ir com tudo pra cima do Burnley, Solskjær decide reforça o setor de ataque do United e coloca Cavani no lugar de Fred. Na primeira investida ao campo adversário aos 48 minutos, o Manchester United chegou ao seu gol, Rashford recebe quase na ponta e realiza linda jogada individual, ele cruza para área e Bruno Fernandes faz corta-luz, a bola passa por ele encontrando Greenwood que bate forte pro fundo do gol de Peacock-Farrell, abrindo o placar na parida. Mas a felicidade dos Red Devils não durou muito, em pouquíssimo tempo após sofrer o gol, Burnley chegou ao gol de empate em uma das suas jogadas favoritas: a bola aérea. Em escanteio batido por Westwood pela direita do gol, Tarkowski sobe mais alto que a defesa do Manchester e cabeceia pro ângulo esquerdo de Henderson.

Dessa vez foram os Reds que chegaram com perigo na bola aérea, no minuto 69. Shaw, pela esquerda, cruza para Bruno Fernandes na área, o português cabeceia bem pro gol mas o goleira faz bela defesa, em seguida a zaga afasta a bola para longe. Como ocorreu na primeira etapa da partida, o Manchester United mantém grande posse de bola e trabalha com ela no campo adversário, troca passes tentando penetrar na área do Burnley. No outro lado, a equipe visitante mantém as bolas aéreas como principal meio de levar perigo ao gol de Henderson e, na maioria das vezes, consegue levar vantagem em disputas contra a defesa do Manchester.

Aos 84 minutos Solskjær muda novamente na equipe, coloca Van de Beek no lugar do Rashford, que participou muito no jogo. Pouco tempo após a substituição, o United trocava passes na frente da área adversária até que Pogba lançou para Greenwood na direita, o atacante domina de peito, adentra na área, corta pro lado e finaliza para o gol, no caminho a bola desvia na marcação e tira todas as chances de Peacock-Farrell chegar nela e impedir o segundo gol Red na partida. Já nos acréscimos, Burnley tenta chegar ao gol de empate com a bola ao chão, mas perde ela no campo adversário e em contra-ataque rápido, o United pega a defesa desprevenida e chega na área do time visitante com Van de Beek, que após passe de Bruno Fernandes cruza para Cavani fazer o terceiro gol e fechar o caixão dentro do Old Trafford.

Detalhes

Escalações

Manchester United: Henderson; Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire, Shaw; McTominay, Fred (Cavani 46’), Pogba, Bruno Fernandes; Rashford (Van de Beek 84’) e Greenwood

Burnley: Peacock-Farrell; Lowton, Tarkowski, Mee, Taylor; Westwood, Brownhill (Vydra 88’), Cork, Guðmundsson (Rodriguez 88’), McNeil e Wood

Gols

Manchester United: Greenwood (48’), (85’) e Cavani (93’)

Burnley: Tarkowski (50’)

Cartões Amarelos

Manchester United: Wan-Bissaka (26’)

Burnley: Cork (57’) e Tarkowski (89’)

Comentários